Villopoto como Stoner: um adeus demasiado cedo

Por a 23 Novembro 2015 18:00

Verdadeira lenda do Supercross e Motocross norte-americanos, Ryan Villopoto anunciou este ano o seu abandono da competição, com apenas 26 anos de idade (completou 27 em agosto). Esta queda no GP de Itália do Mundial de Motocross (vídeo em cima) provocou várias lesões no talentoso piloto da Kawasaki, que alguns meses depois anunciou a sua retirada por considerar que nunca conseguiria regressar ao nível habitual.

Villopoto celebrizou a Kawasaki com o número 2 ao vencer um total de nove campeonatos AMA (quatro títulos consecutivos no Supercross e mais cinco no Motocross), além de ter vencido o Motocross das Nações por quatro vezes, integrando a equipa dos Estados Unidos ao lado de outras lendas como Ricky Carmichael, James Stewart ou o seu rival nas 450cc, Ryan Dungey.

Tal como Casey Stoner no MotoGP (embora por outros motivos), Ryan Villopoto deixa a competição praticamente no auge das suas capacidades e quando tentava tornar-se o primeiro americano a sagrar-se campeão do Mundo de Motocross na classe-rainha. Tinha ganho logo o seu segundo Grande Prémio, na Tailândia, mas a queda em Itália interrompeu uma carreira brilhante.

0 0 votes
Article Rating
This site uses User Verification plugin to reduce spam. See how your comment data is processed.
1 Comentário
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
7 anos atrás

[…] pouco como o amigo norte-americano Ryan Villopoto no motocross e supercross, a saída de cena de Stoner chocou o mundo do motociclismo pela perda […]

últimas Motosport
Motomais
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x