MotoE : Smith faz história com pódio

Por a 9 Julho 2019 16:00

Depois de cruzar a linha segundo na primeira corrida da Copa Elétrica Enel MotoE no Grande Prémio da Alemanha, Bradley Smith da One Energy Racing tornou-se no primeiro piloto a alcançar um pódio nas classes de 125, Moto2, MotoGP e MotoE.

O primeiro pódio de Grande Prémio de Smith foi um terceiro lugar no GP de França em 2007, quando pilotava a Honda Repsol de 125cc, e o britânico conquistou mais 19 pódios antes de subir para a classe de Moto2. 2011.

Na sua temporada de estreia, Smith garantiu três pódios, o primeiro no seu Grand Prix de casa em Silverstone, antes de dois terceiros lugares em Assen e Mugello.

Na classe rainha, o número 38 averbou dois pódios. O primeiro foi um 3º no GP da Austrália em 2014, enquanto em 2015 registou mesmo um 2º no Circuito Misano Marco Simoncelli.

E depois de ter conquistado o segundo lugar após o arranque de 7º na corrida inaugural da MotoE, Smith está agora entre pilotos como Valentino Rossi e Maverick Viñales, que também estiveram no pódio em quatro categorias diferentes.

“Para ser franco, fiquei bastante desapontado comigo mesmo depois da qualificação para o E-Pole, 7º não foi uma posição muito boa”, começou Smith, conversando depois de ficar num pódio de Grand Prix pela primeira vez desde 2015. “Mas eu sabia que poderia fazer alguma coisa na corrida e que teria de ser logo de início, nas duas ou três primeira curvas, porque eu sei que os outros não conhecem os Michelin em condições mistas como eu, digamos.”

“Foi bom liderar a corrida, faltava-me experiência depois de perder a simulação de corrida em Valência, honestamente, porque os outros eram muito mais rápidos em algumas áreas. E eu preciso de melhorar, mas aprendi muito nesta corrida curta, cinco voltas, e eu sei onde melhorar para o Red Bull Ring e por isso sim, estou muito feliz, graças à equipa, eles mudaram a moto desde ontem. Fizemos uma aposta, funcionou e limitou o dano porque a sétima posição na grelha foi má, mas segundo na corrida foi bom. ”

O piloto da Aprilia Gresini está agora a cinco pontos do vencedor da corrida, Niki Tuuli (Ajo MotoE) na classificação geral.

Os 18 pilotos da Energica Ego Corsa regressarão à segunda jornada da temporada no Red Bull Ring, na Áustria.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png