MX2, Turquia: “No respect”, a polémica indicação dada a Jago Geerts

Por a 5 Setembro 2022 19:00

Está a circular nas redes sociais uma imagem do Grande Prémio da Turquia de Motocross que merece uma explicação.

A imagem surgiu durante a transmissão televisiva daquela que foi a última ronda do campeonato do mundo de MX2 e à qual Jago Geerts chegou na liderança com apenas 2 pontos de vantagem sobre Tom Vialle.

O francês aproveitou o mau arranque do piloto da Yamaha para dominar a primeira manga e, desta forma, assumiu o comando da classificação provisória por 1 ponto antes da última manga do ano.

A segunda corrida foi absolutamente de loucos. Desta vez foi Vialle que saiu pior da grelha mas o piloto da KTM alcançou e ultrapassou Geerts logo nos momentos iniciais mas o gaulês viria a cair… e o belga bateu na sua moto e caiu também!!!

E o que tem isto que ver com a imagem de abertura desta notícia?

A imagem mostra a equipa de Jago Geerts a dar-lhe a seguinte mensagem na placa de indicações: “NO RESPECT”.

Ora, circula na internet que essa mensagem foi transmitida ao piloto da Yamaha na segunda manga em Afyon, dando a entender que o belga deveria atacar Vialle, fosse de que forma fosse para conquistar o título.

Isso não corresponde à verdade já que a indicação foi dada a Geerts na primeira manga quando o n.º 93 rodava atrás de Kay de Wolf na luta pela 2.ª posição, depois do tal mau arranque acima referido.

Obviamente, uma mensagem como esta merece ser condenada pois, mesmo com um título em jogo, é impensável motivar um piloto a atacar outro, custe o que custar… até porque o Motocross já é um desporto suficientemente perigoso sem este tipo de “táticas”.

Em todo o caso, o “alvo” não era Tom Vialle e, por isso, fica reposta a verdade doa factos.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x