Supersport, Austrália- Pole para Caricasulo afinal

Por a 23 Fevereiro 2019 04:20

A primeira Superpole Tissot de 2019 em Supersport foi para o italiano Federico Caricasulo (Yamaha Bardahl Evan Bros.), que fez uma fantástica volta a dois minutos do fim. Sete nacionalidades, quatro fabricantes e apenas 1,2s definiram os dez primeiros após uma sessão cheia de suspense. Randy Krummenacher, o seu companheiro de equipe, liderou grande parte da sessão, mas foi derrotado por Caricasulo, tendo deixado o pit lane na segunda tentativa tarde demais para responder.

A Yamaha Bardahl Evan Bros. tem sido a força dominante no Campeonato Mundial de Supersport durante os testes, e os dois primeiros dias da ronda Australiana. Jules Cluzel (Yamaha GMT94) teve um bom desempenho, ao ficar em terceiro lugar.

Raffaele De Rosa (MV Agusta Reparto Corse) lidera a segunda linha, enquanto o seu companheiro de equipe Federico Fuligni foi impressionante na sua estreia na Superpole, terminando em quinto. Completando a segunda linha está Thomas Gradinger (Kallio Racing), que mostrou muita promessa nas sessões de Treinos Livres, mas não conseguiu aproveitar o seu ritmo quando contava.

A sair da fila três está o rookie, Hector Barbera (Team Toth). O espanhol teve uma luta com Randy Krummenacher no circuito nos cinco minutos finais. Hikari Okubo (Kawasaki Puccetti) terminou em oitavo, e Lucas Mahias (Kawasaki Puccetti) completa a terceira fila.

O estoniano Hannes Soomer (MPM WILSport Racedays) completou a lista dos dez primeiros colocados, ficando todos os quatro fabricantes entre os dez primeiros para a corrida de 16 voltas de amanhã.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png