SBK, 2020, Magny-Cours: Rea contente com final no Estoril

Por a 5 Outubro 2020 14:30

A um passo de um inédito 6º título consecutivo de Superbike com a Kawasaki, o homem de Ballymena diz-se “ansioso pelo desafio de aprender o circuito do Estoril, que parece um traçado muito interessante!”

“A grande diferença nesta última corrida, em relação às outras do fim-de-semana, foi a quantidade de água na pista…”

“Para ser franco, quando o Scott veio passar por mim, eu estava contente de o ver liderar para poder observar as condições, mas cedo percebi que estava em dificuldades para o acompanhar…”

“Especialmente nas últimas curvas da pista, estava a ter muitas derrapagens e a perder muita tração…”

“Isso acabou por ser a história da minha corrida, estava a tentar levar a moto sempre ao limite e ao mesmo tempo controlar as derrapagens, tive um par de momentos e acabou por ser divertido…”

“Ou tinha uma derrapagem de frente, ou de traseira, que me mantinha alerta!”

“Quarto foi o melhor que conseguimos hoje, e agora vamos para o Estoril daqui a um par de semanas…”

“Embora eu tenha assegurado o Campeonato aqui três vezes e Magny-Cours seja um circuito que eu adoro, vai ser bom acabar noutro lado e renovar aquela sensação mágica de vencer o campeonato com um sítio novo…”

“Também me dá tempo para pensar a sério sobre ser campeão outra vez, porque está muito próximo tenho que marcar apenas 3 pontos ou um bocadinho mais que 3 pontos…”

“Isso é uma boa posição para se estar a caminho das últimas três corridas e demonstra todo o bom trabalho que a Kawasaki fez este ano, nós continuamos a forçar, continuamos a aprender!”

“Também estou ansioso pelo desafio de aprender o circuito do Estoril, que parece um traçado muito interessante e vai ser um desafio que deve favorecer a minha condução e a minha Ninja bastante bem…”
“Podemos começar a pensar no campeonato, mas ainda temos que concretizar, mas pessoalmente vou manter um bocado o foco, encarar cada sessão da mesma forma positiva com a minha equipa…”

“É sempre um desafio para um piloto, talvez não um tão velho como eu já sou, mas aprender um novo circuito, uma nova pista, experimentar novas sensações na moto, resolver as problemas que se levantam com a minha tripulação e perceber o que é preciso para andar rápido e ficar no topo da tabela é a maneira mais garantida de gozar as corridas!”

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Destaque Homepage
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x