Portugal Lés-a-Lés 2017 com aventura em novos moldes

Por a 23 Novembro 2016 16:07
É certo que ainda falta algum tempo. É certo que o percurso ainda não está definido e é muito cedo para preparar as bagagens para a grande aventura. Mas, também é certo, que nunca é cedo para dar boas notícias sobre a grande maratona mototurística. Com entrada na maioridade comemorada pela maior caravana de sempre e com sucesso absoluto em 2016, o Portugal de Lés-a-Lés prepara já a festa dos 19 anos com grandes e boas surpresas. Certo é que 2017 será um ano “mais”!
Mais gozo mototurístico. Mais conforto para os participantes. Mais diversão. Mais tempo para descansar. Mais oportunidades para saborear sítios únicos. Mais descontração na estrada. Mais locais para descobrir. Mais paisagens para apreciar com a luz do sol. Mais e mais e mais em interminável soma de prazeres que resulta do novo formato que a Federação de Motociclismo de Portugal decidiu criar para a maior aventura mototurística, respondendo aos desejos de milhares de participantes que, ano após ano, aceitam o desafio de conhecer Portugal de forma diferente.
1
E foi a pensar nos participantes, no seu conforto e prazer, que a Comissão de Mototurismo da FMP, mudou o ‘calendário’ da Lés-a-Lés, agendado para os dias 14 a 17 de junho de 2017. Notaram alguma coisa diferente? Não?… Então peguem num calendário e reparem que o arranque está marcado para uma quarta-feira e o final para um sábado. Sim! São quatro dias de aventura, desde o dia habitualmente dedicado às Verificações Técnicas e ao Prólogo, e mais três etapas! O que permite, mesmo mantendo os já tradicionais 1000 quilómetros de extensão, ir a locais mais distantes e bonitos, rebuscando mais segredos do nosso País.
Quarto formato desde o arranque da maratona que, desde 1999, liga dois extremos do território nacional, sucede às 24 horas das 4 primeiras edições; às duas etapas de 12 horas entre o 5.º e 8.º ano; e às duas etapas antecedidas de pitoresco prólogo que, desde 2007, faz as delícias dos aventureiros. E que, assim, permitirá reforço de comodidade a todos os mototuristas, amenizando os arranques demasiado madrugadores (ainda que pela extensão da caravana as partidas continuem a ser cedo!) e permitindo a chegada a todos com a luz do dia. E que permitirá controlos mais calmos, paragens mais alargadas e divertidas, melhores refeições e menos ‘engarrafamentos’.
2
Mas há mais: o novo calendário permitirá tirar partido do feriado de dia 13 de junho, dia de Santo António, para lisboetas e não só fazerem a deslocação até ao local de partida, podendo regressar a casa, com toda a tranquilidade no dia 18, domingo, aproveitando ainda o feriado de Corpo de Deus, no dia 15. Ou seja, com dois ou três dias de férias, muitos poderão ter uma semana verdadeiramente ímpar, de aventura e descoberta, de novas paisagens e sabores.
Querem mais novidades? Pois bem, a partida acontecerá em Vila Pouca de Aguiar, sendo que todo o procedimento das Verificações Técnicas e Documentais decorrerá de forma muito mais expedita face a anos anteriores, em local com condições para acolher com conforto e dignidade toda a caravana. Por maior que esta seja! Por isso, vão marcando as datas na agenda.
0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MOTO+
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x