Aprilia ataca as pistas

Por a 20 Julho 2016 11:32

 

A Aprilia lançou quatro versões da sua RSV4 RR Race Pack para os amantes das pistas ou para quem queira competir nas provas nacionais. Nenhuma delas pode circular na estrada, mas estão de acordo com os regulamentos FIM SST/SBK, devendo os proprietários nacionais em cada um dos casos verificar as homologações vigentes para competir nas provas nacionais.

03

Tendo como base a homologação da RSV4 2015 a Aprilia propõe as versões de competição RSV4 R-FW STOCK1 MM RACE, a RSV4 R-FW STOCK2 APX RACE, a RSV4 R-FW SBK e a RSV4 R-FW W-SBK. As duas primeiras são propostas sem documentação, ABS ou carenagem e custam 17.200€ e 25.900€ sem IVA respectivamente. No primeiro caso a RSV4 R-FW MM RACE conta com o sistema electrónico de origem com a centralina reprogramada com os mapas de gestão do motor Racing. O motor não foi alterado e as suspensões são da Ohlins Racing ajustáveis. Já a RSV4 R-FW APX RACE também tem estes elementos de competição, mas o motor foi montado pelos técnicos da Aprilia Racing e debita mais de 205cv de potência. Esta versão inclui ainda a Logic Unit APX que permite reprogramar os mapas de ignição e injecção entre várias soluções e conta com sensores de diagnóstico.

Já as SBK e W-SBK são versões inspiradas no modelo utilizado pela equipa oficial e custam 35.600€ e 79.500€ respectivamente. A primeira conta com uma electrónica semelhante à RSV4 APX RACE e um motor todo preparado pela Aprilia Racing com especificações SBK capaz de debitar mais de 215cv de potência.

04

Além disso está equipada com um sistema de escape Akrapovic, travões Brembo e carenagens racing. Por fim a RSV4 W-SBK acrescenta a estes elementos da SBK um motor também ele preparado pelos técnicos da Aprilia Racing, mas que neste caso é capaz de debitar mais de 220cv. A linha de escape é uma Akrapovic Racing kit. O chassis é um SBK com ajuste do eixo da direcção e do braço oscilante que por sua vez é um Under Arm em alumínio Ohlins TTX GP. A suspensão dianteira está a cargo de uma Ohlins Racing FGR300, as jantes são ultra leves em alumínio forjado e as carenagens são em fibra de carbono estrutural.

20

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas MOTO+
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png