MotoGP, Marc Márquez (5.º): “Cheguei atrás do Pecco e era impossível ultrapassar”

Por a 2 Outubro 2022 12:39

Marc Márquez terminou o Grande Prémio da Tailândia no quinto lugar, tendo sentido bastantes dificuldades para ultrapassar Francesco Bagnaia quando tentava atacar o terceiro lugar. O espanhol ainda foi ultrapassado por Johann Zarco e tentou ver o que podia sair dessa possível luta, mas Zarco acabou por não atacar Bagnaia.

“Estou feliz, a corrida foi boa no geral, voltei a fazer uma corrida sólida. Nada de especial, a tentar não cometer erros, no início fui muito calmo. Tentei aquecer bem os pneus, porque sei que, em condições de chuva, as corridas são muito longas. Depois comecei a sentir-me melhor, a andar para a frente, mas, quando cheguei atrás do Pecco, era impossível ultrapassar. Ele estava a travar a fundo, mas a aceleração da Ducati é outro mundo. Estamos a trabalhar nisso, a tentarmos ser melhores. Outra corrida que terminamos, fizemos um grande fim de semana, mesmo a seco, estou feliz”, disse.

“Durante a corrida, tivemos condições diferentes. No início, havia muita água, foi secando cada vez mais e havia uma linha seca no fim. A partir do meio da corrida até ao fim, senti-me muito forte, mas as últimas voltas atrás da Ducati foram difíceis de ultrapassar, tentei com o Pecco, mas cheguei demasiado tarde aos pontos de travagem. Ele estava a defender bem, o Zarco ultrapassou-me, eu fiquei perto, apenas para ver se o Zarco tentava ultrapassar o Pecco, mas, quando é Ducati contra Ducati, têm um respeito especial”, referiu.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x