MotoGP, Danilo Petrucci e a aventura na Tech3: “Queria ser menos inútil”

Por a 11 Dezembro 2021 16:18

2021 foi um ano difícil para Danilo Petrucci. Tendo sido afastado da equipa de fábrica da Ducati no final de 2020 para dar lugar a Jack Miller, o italiano foi para a KTM Tech3, onde também não conseguiu bons desempenhos (na linha da KTM em geral) e não vai estar na grelha de MotoGP em 2022. Em entrevista ao The Race, Petrucci explica o que correu mal.

“Tivemos uma época muito difícil, e, depois do ano passado, eles pensaram que a moto estava melhor. Na verdade, todos deram um passo em frente – um grande passo – e nós tivemos muitas dificuldades. Talvez por esta razão, começámos a ter dificuldades com a moto desde o início, e eu não consegui usar a minha experiência”, começou por dizer.

“Sou o único piloto [da KTM] que vinha de outra moto, e com toda a minha experiência, as coisas que tentei trazer, a fábrica não as utilizou verdadeiramente. Ainda não percebem o que se passa, porque é que a moto é mais lenta do que no ano passado. Na última parte da época, as coisas correram melhor, mas a fábrica foca-se mais nos dois pilotos de fábrica e não em nós. Escolheram imediatamente outros pilotos e eu queria ter melhores performances, ser menos inútil. Mas não estou zangado com ninguém, apenas desapontado por não ter podido ser mais útil para a equipa”, referiu.

0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
7 meses atrás

1educators

Ensaios
últimas Motosport
Motomais
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x