MotoGP, 2022, EUA: “Se a Indonésia foi um ponto alto, este foi um ponto baixo”

Por a 11 Abril 2022 16:05

Miguel Oliveira saiu dos Grandes Prémios das Américas sem pontos e sem grandes motivos para recordar o fim de semana. Na hora de avaliar a performance dos pilotos, o The Race deu nota 3 (em 10) ao português, salientando a diferença para Brad Binder, que, na mesma moto, foi 11.º.

“Desde que Oliveira descreveu as suas performances este ano e no ano passado como espinhosas, a imagem ficou – e se a Indonésia foi um ponto alto, este foi um ponto baixo”, escreve o artigo.

“Claro, foi um fim de semana difícil para o piloto português e para a sua equipa, mas, pelas mesmas razões que Brad Binder tem uma pontuação relativamente alta, Oliveira tem uma pontuação baixa por acabar a 20 segundos do seu colega de equipa – mais perto de trás do que da frente”, conclui.

Brad Binder foi avaliado com nota 6, sendo que Álex Rins foi o piloto com melhor pontuação (nota 10) e Álex Márquez o piloto que menos impressionou o The Race (nota 1).

3 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x