MotoGP, 2021, Misano 2: Darryn Binder com a Yamaha em 2022 no MotoGP

Por a 21 Outubro 2021 14:56

A Yamaha Motor Co., Ltd. anunciou hoje oficialmente que o piloto de Moto3 Darryn Binder vai juntar-se na próxima época a Andrea Dovizioso, na renomeada RNF MotoGP Team (ex. Petronas Yamaha SRT), tomando assim o lugar que ficará vago de Valentino Rossi.

O irmão de Brad Brinder vai correr pela equipa satélite da Yamaha em 2022 com a opção de se manter na temporada 2023 de MotoGP. Darryn Binder, 23 anos, junta-se assim à nova equipa da Yamaha RNF MotoGP Team para a temporada 2022 de MotoGP, com a opção de continuidade em 2023.

Após dois anos de participação na Red Bull Rookies Cup, o sul-africano l iniciou a sua carreira a tempo inteiro na classe Moto3 em 2015. Nesse ano Binder tornou-se um nome conhecido, sobretudo graças ao seu irmão Brad Binder que se tornou Campeão de Moto3 em 2016. No entanto, Darryn provou desde há muito que é um talento por mérito próprio.

Conhecido pelas suas corridas duras e fazendo uso de toda e qualquer lacuna disponível durante uma corrida, o jovem de 23 anos de idade já subiu por seis vezes aos pódios de Moto3 até agora, incluindo uma vitória no GP da Catalunha de 2020.

Além disso, a sua reconhecida ânsia de vencer, assim como as sete temporadas de experiência de Moto3, certamente podem tornar Darryn Binder na companhia perfeita para o experiente Andrea Dovizioso, à medida que a rebatizada RNF MotoGP Team dá início a um novo capítulo na longa história da Yamaha no MotoGP.

“Estou extremamente grato por esta oportunidade, pois tem sido um sonho de toda uma vida correr na categoria de MotoGP”, começou por dizer Darryn Binder, atual sexto classificado na classe de Moto 3, com um segundo e terceiro lugares nas duas provas de abeertura no Qatar.

“Definitivamente não esperava fazer o salto directo do Moto3 para a classe mais alta, mas acredito que estou à altura do desafio, e estou pronto a colocar todo o trabalho árduo em prática para 2022.”

“O meu objectivo no início será apenas assentar os meus pés nesta grande classe e aprender o máximo possível para ficar cada vez mais forte durante toda a minha época de estreante.”

“Gostaria de enviar um grande ‘Obrigado’ à Yamaha e à equipa de MotoGP da RNF por tudo o que fizeram para tornar isto possível, bem como a todos os que estiveram envolvidos em levar-me até este ponto. Estou agora apenas ansioso por montar a Yamaha YZR-M1 pela primeira vez no final desta época”.

Lin Jarvis e Razlan Razali (RNF Racing Ltd) fecharam um acordo de cinco anos em Misano

Lin Jarvis, Director da Yamaha Motor Racing, comentou:

“Quero dar umas calorosas boas-vindas ao Darryn. Estamos encantados por ele se juntar à equipa da Yamaha no próximo ano. Tivemos muitas conversas sobre quem seria um bom partido para a nova formação da equipa de MotoGP da RNF. É um novo começo para a equipa satélite da Yamaha e isso torna ainda mais apropriado ter um jovem e prometedor piloto como o Darryn a juntar-se a eles, como o Fabio e o Franky (Morbidelli) fizeram antes dele.

Para a Yamaha, a principal missão da equipa satélite é desenvolver os futuros talentos do MotoGP e ele já mostrou em numerosas ocasiões aquilo de que é feito na classe de Moto3, que é um piloto rápido e determinado, que tem o que é preciso para lutar na frente do pelotão. Obviamente, o passo até ao MotoGP é significativo e exigirá alguns ajustes, mas sentimos que ele está pronto, e a Yamaha e a equipa de MotoGP da RNF irão apoiá-lo totalmente neste novo e excitante desafio”.

0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
4 meses atrás

1abbreviated

Ensaios
últimas Motosport
Motomais
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x