MotoGP: 2021 foi o ano da afirmação da nova geração

Por a 29 Dezembro 2021 14:46

É verdade que 2020 terminou com Joan Mir como campeão mundial, mas com veteranos como Andrea Dovizioso e Danilo Petrucci a ganharem corridas, e com Marc Márquez a partir o braço, não se sentia ainda uma nova era no MotoGP. Mas isso mudou em 2021.

Depois de Mir em 2020, foram Fabio Quartararo e Francesco Bagnaia a dominar o campeonato em 2021. Se adicionarmos a esta lista Miguel Oliveira, que também ganhou uma corrida este ano (Catalunha), temos quatro pilotos que eram rookies em 2019. Destes quatro, apenas Mir não ganhou uma corrida, mas ainda foi terceiro no campeonato. Mir e Oliveira prometiam mais, mas acabaram traídos pela falta de desenvolvimento nas suas motos.

Mas um dos grandes momentos que mostra que pode estar a acontecer uma nova era foi no Grande Prémio de Aragão, quando Bagnaia liderava, com Marc Márquez atrás a pressionar bastante, num circuito em que o espanhol é especialista. Bagnaia não só ganhou a corrida, como pareceu imperturbável pelos ataques de Márquez, numa performance assinalável.

5 2 votes
Article Rating
4 Comentários
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
4 meses atrás

3childrens

trackback
4 meses atrás

which of the following statements about dating in gay male and lesbian youth is true? https://speedgaydate.com/

trackback
3 meses atrás

300 free slots of vegas https://freeonlneslotmachine.com/

Ensaios
últimas Motosport
Motomais
4
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x