MotoGP, 2021, Alemanha – Marquez: “As duas primeiras linhas serão suficientes”

Por a 19 Junho 2021 10:52

Marc Marquez quer fugir do favoritismo que o seu passado dá em Sachsenring, apesar do excelente primeiro treino livre. No segundo, decidiu não forçar uma volta. “Ainda não estou à procura da pole ou da vitória”, confessa.

“Estava muito optimista, pensei que não teria limitações físicas mas tenho. Há pontos em que o meu braço direito não está natural. Hoje foi um grande dia para mim. Existem coisas diferentes na moto. Não é nenhuma novidade, é diferente. São coisas que eu sabia. A maior mudança é que estamos em Sachsenring. “

“Sei que há impaciência, que as pessoas esperavam que eu voltasse e vencesse. Não é assim. Fui muito claro sobre isso desde o início. Eu também esperava que não me custasse tanto voltar, mas está a custar-me. “

“Uma coisa são os treinos e outra é a corrida e as suas 30 voltas. Hoje (sexta-feira) estava mais confortável do que em outros circuitos, mas veremos. Não posso fingir que vou lutar para entrar no Q2 para chegar à pole e ganha a corrida. Não seria realista, seria fumaça para os olhos. Vamos para um objetivo realista: no terceiro treino livre, vou tentar entrar no Q2. Isso já seria um passo importante. No ritmo estamos mais próximos do primeiro, que era a minha intenção no fim de semana: estar mais perto, não na frente ”.

“Senti-me bem, mas não com a energia extra que preciso. Normalmente, aos sábados sinto-me melhor. Esqueci as posições, trabalhei no estilo antigo, como o capacete, como em 2019, pensando no corrida. Sábado é hora de atacar. A pole será muito difícil, as duas primeiras linhas seriam suficientes. Estou mais confortável no ritmo do que numa volta. “

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x