Superbikes – Quatro marcas diferentes em destaque em Phillip Island.

Por a 19 Fevereiro 2019 14:32

Depois de três semanas de descanso, os pilotos do Campeonato Mundial de Superbike voltaram à ação na segunda-feira no Circuito de Phillip Island para o teste final de pré-temporada antes da estreia da temporada. Com temperaturas baixas e ventos frios, o estreante da Ducati Álvaro Bautista (Ducati Aruba.it) marcou o tempo mais rápido do dia, mais de quatro décimos de segundo abaixo de Alex Lowes da Yamaha Pata e Jonathan Rea da Kawasaki Racing Team.

A melhor volta do espanhol de 1’30.743 poderia ser interpretada como uma advertência antecipada aos outros 17 homens da grelha de que ele está a levar as coisas a sério. A performance em corrida ainda está por provar, mas o piloto de 34 anos foi o mais rápido possível – e este foi apenas o seu sétimo dia a bordo da Ducati Superbike, com Bautista e a sua equipa ainda concentrados na adaptação aos pneus mais macios.

Esteve longe de ser um dia de abertura impecável para a garagem da Ducati Aruba.it, no entanto, pois Chaz Davies permaneceu na zona inferior das tabelas de tempos em ambas as sessões. Ainda em busca de uma configuração de base ideal, o Galês encontrou alguns problemas técnicos desde o início e não conseguiu acompanhar o ritmo do seu companheiro de equipa. Muito trabalho ficou para ser feito no segundo dia de Davies, que, no entanto, vale a pena notar, geralmente se destaca mais em condições de corrida.

As outras duas Panigale V4 R na grelha de 2019 também continuaram o seu desenvolvimento. Eugene Laverty (Team Goeleven) concentrou-se na afinação de base e melhorou a sensação na traseira da moto, enquanto Michael Ruben Rinaldi (BARNI Racing), a fazer a sua estreia em Phillip Island, fixou a sua atenção nas novas suspensões Showa.

Jonathan Rea e Leon Haslam (Kawasaki Racing Team) foram os dois primeiros homens em pista pela manhã e mostraram ritmo semelhante, terminando o dia em terceiro e quinto, respetivamente. O inglês, agora totalmente adaptado à ZX-10RR, escolheu testar a sua seleção de pneus para a Austrália, enquanto o quatro vezes campeão mundial superou um acidente na curva 10 para ser o melhor da Kawasaki nesse dia, enquanto também experimentava os novos Pirelli.

O Turco Toprak Razgatlioglu, da Puccetti, também parecia estar a progredir com a ZX-10RR de 2019, ao estabelecer a décima volta mais rápida no seu primeiro dia com o novo motor, subindo acima dos seus outros companheiros da Kawasaki.

Liderando claramente com o título de “Mr. Consistency” durante os testes de Inverno, Alex Lowes terminou de novo entre os dois primeiros em Phillip Island, a 0,403s de Bautista. Tanto o inglês como Michael van der Mark (Yamaha Pata) – sétimo na segunda-feira – decidiram confirmar os bons resultados dos dois testes de janeiro, e a YZF R1 parece finalmente um pacote incrivelmente competitivo.

As outras duas Yamaha na grelha também se destacaram no primeiro dia, com o fabricante japonês a colocar as quatro motos nos primeiros oito. Marco Melandri (Yamaha GRT), em sexto, experimentou algumas novas soluções e deixou as afinações para terça feira, enquanto Sandro Cortese – em oitavo – fez as suas primeiras voltas numa Superbike em Phillip Island.

Este foi também um dia frutífero para as duas BMW, equipadas com um novo chassis e braço oscilante pela primeira vez. Ambos os pilotos continuaram a ganhar confiança a bordo da S1000 RR, com um impressionante Tom Sykes (BMW Motorrad Team) na quarta posição, com vantagem sobre Markus Reiterberger que foi o nono mais rápido. O piloto de Yorkshire foi o segundo mais rápido na segunda sessão – um sinal de que a BMW pode estar pronta para lutar por pódios desde o início.

Depois de vários meses de rumores e trabalho em segredo, segunda-feira também foi o dia em que finalmente conseguimos ver a Honda Moriwaki Althea em ação. Os primeiros sinais parecem promissores, já que Leon chegou perto do top 10 com uma moto ainda no estágio inicial de desenvolvimento.

Phillip Island Official Test – Dia 1 – Top 5

1.Álvaro Bautista (ARUBA.IT Racing – Ducati)       1’30.743

2.Alex Lowes (Yamaha Pata)       1’31.146

3.Jonathan Rea (Kawasaki Racing Team)               1’31.189

4.Tom Sykes (BMW Motorrad)                1’31.300

5. Leon Haslam (Kawasaki Racing Team) 1’31.399

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Velocidade
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png