Dakar: Pedro Amado fez história faz hoje 30 anos!

Por a 16 Janeiro 2022 19:00

No dia 16 de Janeiro de 1992, Pedro Amado tornou-se o primeiro piloto português a terminar o Dakar em moto!

Estávamos na 14.ª edição de um Rally que nesse ano ligou Paris à Cidade do Cabo na África do Sul passando por 10 países: França, Líbia, Niger, Chade, República Centro Africana, Camarões  Congo, Angola, Namibia e África do Sul. 

A partida teve lugar no dia 25 de Dezembro de 1991 e pilotos das motos percorreram um total de 12.000 kms, dos quais 6.000 kms foram disparados ao cronómetro.

Dos 98 pilotos de motos à partida, apenas 45 chegaram à linha de meta. Entre eles estava Pedro Amado!

Aos comandos de uma Yamaha XTZ660 Ténéré, o luso terminou a prova na 28.ª posição, um ano depois de António Lopes ter falhado o objetivo de chegar ao fim devido a uma queda. Amado seria também o 9.º classificado da classe Maratona.

Mas nada foi fácil! O português sofreu uma penalização de 26 horas por, em conjunto com mais cerca de 20 pilotos, se ter recusado a concluir uma etapa em pleno deserto do Chade, argumentando que seria muito perigoso fazerem o resto da etapa durante a noite já que estava a decorrer um conflito militar. Além disso, uma queda nos últimos dias valeram-lhe duas costelas partidas

Pedro Amado voltaria em 1995 para disputar o “Granada-Dakar” mas desistirá ao 5º dia depois de um grave acidente onde deslocou algumas vértebras cervicais.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x