AMA Supercross SX450: Cooper Webb (KTM) vence ao milímetro em Arlington

Por a 19 Fevereiro 2019 15:42

 

Corrida de loucos no Texas onde  Cooper Webb vence por menos de meio segundo.

Sete corridas decorridas e o AMA Supercross já teve cinco líderes diferentes na classe SX450. Ken Roczen chegou a Arlington com a placa vermelha apesar de ainda não ter ganho nenhuma ronda, mas a consistência de estar sempre nos cinco primeiros nas rondas anteriores valeu-lhe a liderança do campeonato.

Na primeira ronda de qualificação o líder do campeonato conseguiu o holeshot. Apesar disso, Joey Savatgy #17 liderou durante algumas voltas mas não aguentou a pressão de Ken Roczen #94. De volta às provas de Supercross estava Justin Hill #46, em Suzuki. O piloto do Oregon regressava de uma lesão e conseguiu um excelente segundo lugar na primeira ronda de qualificação. A batalha pelo pódio ficou entregue a Dean Wilson #15 e a  Joey Savatgy #17, levando o segundo a melhor. O rookie  Aaron Plessinger #7, que impressionou na ronda anterior, teve problemas no início ao chocar contra outro piloto. Apesar de vir de trás, Plessinger conseguiu a qualificação direta, terminando em sexto.

A segunda ronda de qualificação viu um impressionante arranque do veterano australiano da Suzuki, Chad Reed #22, que agarrou o holeshot. Apesar dos seus 36 anos, Reed mostrou que ainda sabe lutar com os mais novos. Acabou sendo ultrapassado por Cole Seely #14. Eli Tomac, agarrou o segundo lugar e dai não saiu. Já a grande surpresa desta segunda ronda foi o abandono de Justin Barcia #51. O piloto da Yamaha foi abalroado para fora de pista pelo #43 Tyler Bower. Bower acabou sendo desqualificado da ronda pelos oficiais do FIM e da AMA.

Na última ronda de qualificação Justin Barcia dominou por completo, não dando hipóteses a mais ninguém.  Alex Ray #62, Kyle Chisholm #11 e  Ronnie Stewart #606 foram os restantes pilotos a passar para o evento principal.

O evento mais esperado da noite não desiludiu. A corrida da classe SX450 teve emoção até ao fim. O holeshot foi para  Ken Roczen #94, mas quem conseguiu a liderança foi Eli Tomac. Roczen não desistiu e acabou por passar Tomac minutos depois. Em luta renhida pela liderança, Eli Tomac acabou por cair numa valeta profunda, devido ao desgaste da pista. Mais atrás as KTM lutam entre si, com Cooper Webb #2 a levar a melhor sobre o seu companheiro de equipa, Marvin Musquin #25. Chegado à segunda posição, Webb puxou dos galões e foi atrás de Ken Roczen. A três segundos do fim, Roczen faz um pequeno erro, o que deixa Webb mais próximo. Na última volta, a uma curva da meta, Webb faz a manobra sobre Roczen, os dois tocam-se, mas mantêm-se de pé e num último fôlego, Webb arranca a vitória a Roczen, acabando por ganhar por 0,028s.

Eli Tomac, que liderou no início da corrida, depois da queda foi sempre perdendo posições, acabando em 12º. Já Justin Barcia, que vinha da última hipótese de qualificação, recuperou e acabou em sétimo.

A placa vermelha muda mais uma vez, passando para Cooper “The WebbWagon” Webb com 150 pontos. Já Ken Roczen continua sem uma vitória à geral em 2019, seguindo na segunda posição do campeonato com 148 pontos. A completar o pódio está Marvin Musquin com 144 pontos.

Veja o video resumo do Main Event:

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Motocross
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png