Randy de Puniet fala sobre a nova KTM de MotoGP

Por a 23 Fevereiro 2016 14:32

Depois de já ter escolhido o alemão Alex Hofmann e o finlandês Mika Kallio para o seu programa de desenvolvimento, a KTM recrutou Randy de Puniet para também testar a RC16. O experiente piloto francês desempenhou funções semelhantes para a Suzuki e em entrevista ao site do MotoGP revela como surgiu o convite da marca austríaca.

“Falámos com eles em junho mas as conversações ficaram por aí. Depois encontrei o Mike Leitner (ndr, diretor técnico)  em Valência e ele perguntou-me o que eu iria fazer em 2016. Finalmente o meu manager falou com o Mike e chegámos a acordo para participar numa série de testes este ano”, explicou o francês de 35 anos.

“A minha primeira experiência com a moto foi no sábado. Passámos três quartos do tempo a encontrar uma boa posição de condução e depois conseguimos sobretudo preparar o próximo teste, que será dentro de duas semanas em Valência. Depois teremos outra sessão em Brno no final de abril e a partir daí o calendário de testes é um pouco flexível . Acima de tudo encontrei um bom ambiente e pessoas com quem já tinha trabalhado no passado. É importante sentir-me bem na equipa”.

Sobre a opção da KTM em construir uma MotoGP com chassis tubular de aço em vez de um chassis de dupla trave em  alumínio, de Puniet referiu que “ainda não tenho uma opinião formada porque foi apenas um dia e ainda não estamos à procura dos melhores tempos. Assim que começarmos esse processo já poderia dar uma opinião. A Ducati ganhou com este tipo de solução há 10 anos. De facto parece uma escolha um pouco exótica mas essa é uma solução típica da KTM”.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png