Pena suspensa para o condutor que atropelou Nicky Hayden

Por a 11 Outubro 2018 10:46

Já existe sentença para o caso que incide sobre a morte de Nicky Hayden em maio de 2017, quando este colidiu com um automóvel quando treinava de bicicleta junto ao circuito de Misano.

Ontem o condutor do automóvel em causa foi condenado a um ano de prisão com pena suspensa, retirada da carta de condução e ainda sujeito a pagar os custos de todo o processo.

O Ministério Público italiano tinha pedido uma pena de um a dois anos de prisão, depois de ter verificado que o condutor seguia a 70 km/h numa estrada onde o limite era 50 km/h quando se verificou o acidente, alegando que  se o carro estivesse a circular a 50 km/h, “o acidente tinha sido evitado por completo”.

No entanto a defesa do condutor alegou que Hayden, que circulava de bicicleta, não respeitou a sinalização de parar no cruzamento para além de ir a ouvir música, o que funcionou como um factor de distracção do norte-americano.

A família de Nicky Hayden não esteve presente no julgamento e tinha pedido uma indemnização de 6 milhões de euros pelo acidente que vitimou o campeão do mundo de MotoGP em 2006.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png