MotoGP, Marc Márquez: “Talvez tenha sido a altura mais difícil da minha carreira”

Por a 14 Janeiro 2022 18:50

Marc Márquez viveu aquela que admite ter sido, provavelmente, a fase “mais difícil” da sua carreira nestes últimos meses. O espanhol, que já tem autorização para voltar a conduzir motos, falou dos desafios mentais que enfrentou desde que lhe foi diagnosticada a diplopia, dizendo que não sabia o que esperar do seu futuro.

“Primeiro que tudo, estou muito feliz depois de três meses traiçoeiros. Um problema de visão nunca é fácil. No último mês, estava a sentir-me melhor, e é bom começar a sentir-me melhor. Desde que tive o acidente, tem sido difícil, mas segui os conselhos do meu médico, o mesmo que me curou da lesão em 2011. É um processo muito lento, mas sabíamos que seria quando tive a lesão, porque é um nervo que afetava o músculo. Foi o mesmo nervo da lesão de 2011”, começou por dizer.

“Talvez tenha sido a altura mais difícil da minha carreira. Este é o quarto inverno que passei com uma lesão. Primeiro, o ombro direito, depois o ombro esquerdo, depois o braço, e, quando parecia que tudo estava a ficar melhor, veio outra lesão depois de eu ganhar em Austin e em Misano, mas, na vida, nunca sabes. É verdade que tem sido difícil. Não quero desejar isto a nenhum piloto ou pessoa”, confessou.

“Não é algo com que possas arriscar e dizer ‘agora vou tentar’. Ou tens visão clara ou não tens visão clara, é sim ou não. O médico não me disse que ia ser um, três ou seis meses, ele não sabia. Tudo estava na mesa. Cirurgia estava na mesa, tempo estava na mesa e a possibilidade de não conduzir uma moto estava na mesa. Foram tempos difíceis porque não sabia o meu futuro”, contou.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x