MotoGP, 2021, Qatar: A Ducati favorita

Por a 23 Março 2021 12:30

Luzes, câmara… ação: A MotoGP regressa depois de uma longa pausa de inverno e cinco dias de testes oficiais, e chega finalmente a hora de começar a correr. Estão prontos?

Miller será definitivamente um dos nomes a seguir quando o semáforo se apagar

Primeiro vimos as novas cores, depois vimos a classe de 2021 sair para testes. Agora, no oásis iluminado do Circuito Internacional de Losail, é hora de lançar mais uma temporada de competição deslumbrante.

Raramente alguma coisa é previsível nesta era do MotoGP, mas há pelo menos uma certeza com que todos concordam: estamos definitivamente prontos!

Tudo começa este fim de semana no Grande Prémio Barwa do Qatar, enquanto as estrelas da classe rainha embarcam em mais um ano de emoções e cambalhotas.

Esta temporada, as manchetes já estão a transbordar antes de uma única volta ter sido dada.

Um novo campeão começa o ano no trono, Joan Mir da Suzuki Ecstar, e o mundo espera para saber quando vamos ver o regresso do oitavo campeão do mundo Marc Márquez (Honda Repsol), embora já saibamos que não será para correr no Qatar.

As cadeiras musicais de pilotos e equipas deixam-nos com uma grelha diferente e novas cores para muitos, bem como algumas caras novas quando damos as boas-vindas a quatro novatos. Mas é o mesmo nível incrível de competição: milésimas são as novas centésimas no MotoGP.

E assim chegamos ao 1º encontro. Doha recebe o primeiro e segundo Grande Prémio da temporada e Losail também abriu as portas para todos os dias oficiais de teste de inverno deste ano, por isso não estamos às cegas.

Jack Miller (Ducati Lenovo Team) chega com o maior alvo nas costas, ladeado por uma frota de Yamaha, pois as tabelas do teste viram o Australiano e o seu companheiro de equipa Francesco Bagnaia num top 5 dominado pela Ducati e pela Yamaha. Mas há mais nas corridas do que a velocidade de uma volta…

Miller será definitivamente um dos nomes a seguir quando o semáforo se apagar, no entanto, assim como Bagnaia. Ambos estão em motos de fábrica esta temporada e a pressão é certamente maior, mas também são as melhores performances que temos visto até agora.

Losail também viu a fábrica de Borgo Panigale desfrutar de algum sucesso nos últimos tempos, e o palco está preparado para as balas de Bolonha começarem a temporada onde eles vão querer continuar: à frente. Isso sem esquecer outros como Johann Zarco, quando o francês mudou para a Pramac Racing e tem cada vez mais experiência com a máquina italiana, provando também a sua coragem em testes.

Os heróis do holeshot têm uma velocidade máxima séria e três pilotos experientes que parecem prontos, no papel, para andarem à frente.

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x