MotoGP, 2021: Ducati no MotoGP até 2026

Por a 20 Janeiro 2021 14:00

A Ducati e a Dorna Sports assinaram um acordo que confirma a presença do fabricante de Borgo Panigale na MotoGP por mais cinco anos

“A pista e as motos de alto desempenho continuam a ser um elemento central para a Ducati!” – Claudio Domenicali, CEO

A Ducati e a Dorna Sports SL acabam de anunciar que assinaram um acordo para garantir a presença do fabricante sediado em Bolonha no Campeonato do Mundo de MotoGP de 2022 a 2026.

Desde a sua estreia em 2003, a Ducati tem desempenhado um papel de liderança na classe rainha do Campeonato do Mundo de MotoGP. Depois de apenas 6 Grandes Prémios, a Ducati obteve a sua primeira vitória no GP da Catalunha com Loris Capirossi e ganhou os Títulos Mundiais de Construtores, Pilotos e Equipas em 2007 com Casey Stoner.

No ano passado, a Desmosedici voltou a ser uma das motos mais competitivas da grelha de MotoGP: graças aos pontos marcados por cinco pilotos diferentes (Andrea Dovizioso, Danilo Petrucci, Jack Miller, Francesco Bagnaia e Johann Zarco), a Ducati conquistou o Título Mundial de Construtores de 2020 na classe rainha com duas vitórias (Dovizioso na Áustria e Petrucci em França) e um total de nove pódios. Nas suas 18 temporadas no MotoGP, a Ducati subiu a 160 pódios, incluindo 51 vitórias.

Claudio Domenicali, CEO da Ducati Motor Holding:

“A corrida sempre foi uma parte verdadeiramente fundamental da marca Ducati e continuará a sê-lo no futuro. Na verdade, representa não só uma forma de alimentar a paixão e a alegria da Ducatisti em todo o mundo, mas também um laboratório avançado de investigação onde são testados os materiais mais sofisticados e os métodos de design mais inovadores. É também o campo de treino onde os nossos jovens engenheiros crescem para fornecer aos nossos clientes motos de última geração em termos de tecnologia e emoção de uso, como a Superleggera V4 e a Multistrada demonstraram recentemente.”

“Em ambos os casos, embora com declinações muito diferentes, a experiência adquirida no MotoGP tem sido fundamental. Este acordo renovado confirma que, embora planeemos continuar a expandir a nossa gama de produtos fora do mundo das motos desportivas, a pista e as motos de alto desempenho continuam a ser um elemento central para a Ducati. Quero agradecer à Dorna Sports e, em particular, ao Carmelo Ezpeleta pelo seu grande trabalho ao longo dos anos que fez do MotoGP uma plataforma mediática verdadeiramente extraordinária.”

Carmelo Ezpeleta, CEO Dorna Sports SL:

“A Dorna Sports orgulha-se da continuação da parceria com a Ducati e agradece à fábrica pela sua lealdade à série. Foi uma honra acompanhar o icónico fabricante italiano, pois alcançou marcos passados e estamos entusiasmados por partilhar este novo episódio na sua história com duas jovens estrelas brilhantes como Jack Miller e ‘Pecco’ Bagnaia. O seu potencial e talento será definitivamente um dos trunfos do Campeonato do Mundo de MotoGP de 2021 que estamos prestes a começar.”

Luigi Dall’Igna, Diretor Geral da Ducati Corse: “Estamos felizes por poder confirmar a nossa participação no MotoGP até ao final de 2026. Nos últimos anos, a Desmosedici de GP provou ser uma das motos mais competitivas da grelha, e o Título Mundial de Construtores de 2020 é mais uma prova disso mesmo. Mesmo que os regulamentos deste ano não permitam desenvolvimentos técnicos significativos, vamos enfrentar a temporada de 2021 com a mesma paixão e dedicação. O objetivo é lutar pelo título de MotoGP com os nossos dois novos pilotos e preparar as bases para o nosso futuro compromisso com o Campeonato.”

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x