MotoGP, 2020, Europa: Mais um azar de Rossi

Por a 9 Novembro 2020 14:00

Desta vez a corrida do ex-Campeão de 41 anos durou 5 voltas até a sua Yamaha avariar

Valentino Rossi regressou de um afastamento forçado por um alarme de Covid-19 para participar à justa no Grande Prémio da Europa a partir dos treinos de sábado só para se ver afastado da corrida logo de início, com uma misteriosa avaria no motor da sua YZR-M1 de fábrica.

Valentino tentou explicar o que aconteceu:

“De repente, perdi potência, não creio que tenha partido o motor, simplesmente parou não sei se teve qualquer coisa a ver com electrónica, uma coisa assim, não sei…”

“Eles agora é que vão ver, eles próprios não sabem o que aconteceu…”

“Foi uma pena para mim, porque hoje só precisava de fazer uma corrida completa, chegar ao fim aos 27 voltas e terminar uma corrida, para termos dados para a corrida da semana que vem e para me sentir bem outra vez comigo próprio!”

“Por isso, é uma grande pena que tenha tido que parar ao fim de umas voltas, a situação não é fácil, mas não podemos esquecer que ainda na última corrida, a Yamaha ganhou com o Frankie (Morbidelli).”

“É como se não percebemos algumas coisas, como ajustar a moto aos pneus, e também temos o problema com o motor, não temos velocidade de ponta nas retas…”

“Por isso, estamos com problemas, não é fácil!”

4 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x