MotoGP, 2020: “Crowd funding” visa ajudar Phil Read doente

Por a 3 Novembro 2020 15:00

O popular ex-Campeão Phil Read, de 81 anos, (acima à direita) está quase permanentemente hospitalizado há dois anos e agora também em dificuldades financeiras, com um amigo a começar uma angariação de fundos para o ajudar

O oito-vezes campeão do mundo de motociclismo Phil Read, com 81 anos, está numa situação lamentável em Inglaterra. Devido a uma grave doença pulmonar e à sua idade, Read pertence ao grupo de risco do Coronavírus, de que felizmente recuperou.

No dia 10 de Abril de 2020, Phil Read dirigiu-se aos seus muitos fãs com uma publicação no Facebook: “Acabei de ter alta do grande hospital público de Canterbury livre deste vírus indescritível! Mas ainda preciso de oxigénio para os meus pulmões combalidos, porque sofro da doença pulmonar DPOC. Sei do passado o que mais me ajuda a este respeito, por isso encomendei comprimidos para a malária, Antovaquone/Proguanil, que são comprimidos de 100 mg. Também li na Internet e ouvi na televisão que facilita a respiração dos doentes. Vamos fazer figas!”

Mas a epidemia de Covid 19 também atingiu o popular Phil Read por outro lado. Não podendo viajar e participar, ou assistir sequer, a nenhum evento clássico, com cuja presença ganhava a vida ultimamente, os seus rendimentos afundaram-se completamente.

É por isso que uma campanha de angariação de fundos intitulada “Helping Phil Read” começou agora no site gofundme.com no Reino Unido, lançada pelo seu amigo Stephen Williams. “Conheço o Phil Read há mais de 40 anos. Sempre fomos melhores amigos. Infelizmente, devido à sua doença e ao Covid-19, o Phil já não pode fazer aparições públicas. Isto levou a um estrangulamento financeiro. Phil tem estado frequentemente hospitalizado por dificuldades respiratórias nos últimos anos e está com dificuldades para cobrir as suas despesas do dia a dia. Apesar de o ter ajudado tanto quanto possível, ele ainda precisa de algum dinheiro extra para ter uma vida mais confortável”, apelou Stephen Williams à base de fãs britânica.

Espera-se que este crowdfunding angarie pelo menos 5.000 libras, mas desde 19 de outubro, só 560 libras foram ainda depositadas, normalmente montantes de 20, 25, 30 ou 50 libras. Ex-pilotos como Eddie Roberts também contribuíram, porque no meio é um segredo aberto que Phil Read há muito que gastou as suas poupanças dos contratos lucrativos como piloto de fábrica da Yamaha, MV Agusta e Honda.

Phil Read não se deixa derrotar apesar dos contratempos. O lendário motopiloto britânico, que foi premiado com a medalha de Membro do Império Britânico (MBE) pela Rainha (como Hailwood e Sheene), teve de ser hospitalizado há dois anos e meio num evento clássico em Imola por uma insuficiência cardíaca aguda, mas recuperou logo a seguir e ficou irritado porque o organizador lhe reteve o prémio de participação prometido.

Read conquistou sete títulos mundiais em GP na Yamaha e MV Agusta, bem como o Campeonato do Mundo de Fórmula 1 TT, realizado em circuitos urbanos perigosos como a Ilha de Man na Honda em 1977.

A 1 de Janeiro de 2020, Phil celebrou o seu 81º aniversário. Na altura anunciou que seria a primeira pessoa a atravessar o Canal da Mancha em 2019 com um girocóptero elétrico. “A energia elétrica é o futuro“, disse Read, que esteve no GP de Silverstone com o seu filho Phil em 2018. Phil Read Jr. é Diretor de marketing da Triumph Motorcycles nos EUA.

Phil Read, que até há pouco tempo ainda era um convidado bem-vindo nas competições clássicas, foi um dos últimos pilotos a vencer uma corrida de 500cc do Campeonato do Mundo numa máquina de quatro tempos.

Venceu com a  MV Agusta em 1975 em Spa-Francorchamps, com uma média por volta de 214,3 km/h e em Brno no mesmo ano.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x