Moto2: Miguel Oliveira fecha dia em 11º

Por a 1 Junho 2018 15:29

Ponto final neste primeiro dia de Grande Prémio de Itália, no circuito de Mugello, com os pilotos de Moto2 a realizarem a segunda sessão de treinos livres.

Em comparação com a sessão anterior, Miguel Oliveira melhorou em 0.1s o seu registo, mas tal ‘crono’ não foi suficiente para o piloto da Red Bull KTM Ajo garantir um lugar entre os 10 primeiros, numa sessão onde 17 pilotos ficaram separados por menos de um segundo.

Mais uma vez depois de uma entrada forte, a KTM do piloto luso não mostrou aquele ‘upgrade’ necessário para estar mais à frente, sendo que para amanhã, dia da qualificação, espera-se que Oliveira melhore para não ser obrigado a fazer uma corrida em recuperação, no domingo, à semelhança do que já sucedeu noutras ocasiões em 2018.

Quanto ao melhor tempo ficou nas mãos do estreante Joan Mir. O piloto que tem sido apontado à Suzuki bateu por 0.112s Sam Lowes que foi novamente segundo e o melhor homem aos comandos de uma KTM. O sempre rápido piloto britânico bateu por um milésimo Francesco Bagnaia. Mattia Pasini melhorou muito de uma sessão para a outra e agora foi quarto. O quinto posto ficou nas mãos de Lorenzo Baldassarri, sendo seguido pelos compatriotas Romano Fenati e Luca Marini. A jogar em casa os italianos destacam-se e ocuparam cinco das primeiras sete posições.

Mais discreto esteve Álex Márquez, 10º, depois de ter sido o mais rápido na manhã. Dos homens da frente o piloto da Marc VDS foi mesmo o único que não melhorou o seu ‘crono’ entre as duas sessões. Nota ainda para o dia difícil de Brad Binder, colega de Miguel Oliveira, que foi apenas 17º, tendo mesmo sido mais lento do que o regressado Dominique Aegerter, também ele aos comandos de uma KTM.

Classificação:

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x