Moto2: FIM não quer “crucificar” Romano Fenati

Por a 20 Setembro 2018 16:02

Depois de ter perdido a sua licença desportiva por ordem da Federação Italiana de Motociclismo, Romano Fenati foi ontem ouvido na sede da Federação Internacional de Motociclismo em Mies na Suíça.

O órgão liderado por Vito Ippolito quis ouvir a versão do sucedido há praticamente 15 dias no Grande Prémio de San Marino e da Riviera de Rimini, tendo envolvido Romano Fenati e Stefano Manzi, curiosamente dois pilotos italianos.

Em relação a este encontro não foi divulgado nenhum comunicado oficial, mas alguns meios de comunicação social estrangeiros avançam com a notícia de que a FIM sugeriu a Romano Fenati  fazer parte de uma campanha a promover o motociclismo e o comportamento desportivo, algo que o italiano esteve longe de praticar com a atitude tomada em Misano.

Uma medida que surge depois de Vito Ippolito ter dito publicamente que o órgão a que preside não pretende “crucificar” Romano Fenati, algo que também é defendido por Carmelo Ezpeleta, responsável máximo da Dorna, entidade promotora do Mundial.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto GP
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png