Moto2, 2021: RW Racing assina Baltus, Bendsneyder em dúvida

Por a 13 Outubro 2020 15:30

Bo Bendsneyder tem sido até agora culpado de muitos estragos na temporada de Moto2 de 2020, por isso o seu lugar na NTS RW Racing Team está em dúvida. Dominique Aegerter, um dos candidatos ao lugar, teria de trazer dinheiro.

A equipa holandesa RW Racing vai continuar a ser a única equipa do Mundial de Moto2 a competir com as máquinas NTS japonesas em 2021.

Quanto a pilotos, o belga Barry Baltus (anteriormente da KTM Prüstel Grand Prix) está confirmado, tendo assinado há dias.

“A questão do segundo piloto ainda está em aberto“, explicou o team manager Jarno Janssen, que optou por Bendsneyder e Raffin em 2020. “Se o Jesko poderá ficar connosco é duvidoso. A sua saúde melhorou, mas está longe do que deveria ser. A doença já dura há mais de cinco semanas.”

O desempenho de Bo Bendsneyder, por outro lado, é considerado insatisfatório pela NTS RW Racing Team.

O antigo piloto da Red Bull Rookies e piloto da KTM Red Bull Ajo terminou em segundo lugar em Moto3 em Silverstone e Sepang no primeiro ano, mas tem sido culpado de muitas quedas desde então, especialmente em Moto2.

Em 2019, obteve apenas 7 pontos em 19 corridas na NTS da RW Racing e terminou em 26º lugar no Campeonato do Mundo.

Em 2020, soma cinco pontos em nove corridas até agora, o que resulta num dececionante 25º no ranking mundial.

Em comparação, Dominique Aegerter conquistou quatro pontos no Campeonato do Mundo como piloto substituto de Jesko Raffin em Brno e nas duas corridas de Spielberg, onde conduziu a NTS ao 12º lugar no GP da Áustria.

“Ainda bem que conseguimos contratar o Barry Baltus para a próxima temporada”, diz o team manager Jarno Janssen. “Mas não estamos felizes com o Bo Bendsneyder de momento.”

O suíço Dominique Aegerter ainda espera obter um lugar na RW Racing. Ele negociou com a RW Racing há dois anos, mas abriu muito a boca e teve de se contentar com um lugar na MV Agusta Forward Racing.

Aegerter não esconde que gostaria de regressar ao Campeonato do Mundo de Moto2 depois de terminar em terceiro no Mundial de MotoE, mas já não quer pagar para pilotar. “Na RW Racing, só tenho hipóteses se trouxer dinheiro”, explicou o suíço de 30 anos.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Moto GP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x