Supersport Austrália, quatro Yamaha à frente

Por a 22 Fevereiro 2019 11:05

Randy Krummenacher continuou a boa forma do seu teste de pré-temporada ao ficar no topo da primeira sessão livre do Mundial de Supersport. As bandeiras vermelhas interromperam a sessão devido à habitual invasão de vida selvagem na sessão de abertura. Depois, porém, Randy Krummenacher (Yamaha Bardhal Evan Bros) colocou-se no comando e ocupou a primeira posição durante a maior parte da sessão com a sua Yamaha YZF R6.

Com o seu companheiro de equipa Federico Caricasulo a chegar a saltar brevemente para o topo, todas as primeiras 4 foram Yamaha R6, mas depois de todas as trocas entre os companheiros de equipa, seria Krummenacher no topo da classificação geral.

Entretanto, o rápido austríaco Thomas Gradinger (Yamaha Kallio Racing) subiu para a segunda posição, quase quatro décimos atrás de Krummenacher. Os companheiros de equipa Isaac Viñales e Loris Cresson foram 11º e 15º respetivamente, com o piloto belga Cresson a sofrer uma queda no final da primeira sessão, mas a regressar ileso na FP2.

Jules Cluzel (Yamaha GMT94) completou o dia em quarto lugar. Já por 17 vezes vencedor em Supersport, o Francês começou bem a sua campanha de 2019. O compatriota Corentin Perolari também continuou no seu ritmo de início de temporada e terminou em 9º, colcando três pilotos franceses entre os dez primeiros.

Raffaele De Rosa (MV Agusta Reparto Corse) completou o dia em quinto lugar e ficou a pouco mais de meio segundo do melhor tempo de Krummenacher. De Rosa não melhorou o seu tempo na FP2 e permaneceu em quinto no final.

O Campeão do WorldSSP de 2017, Lucas Mahias (Kawasaki Puccetti) ficou em oitavo lugar durante a maior parte da primeira sessão, enquanto continuava a adaptar-se à Kawasaki ZX-6R, até terminar em sexto. Hikari Okubo (Kawasaki) estava em segundo, a dez minutos do final acabando por baixar para o sétimo lugar.

Finalmente, Hector Barbera (Team Toth) mostrou o seu potencial a bordo da Yamaha YZF R6 e foi oitavo num circuito que ele conhece muito bem do seu tempo nos Grand Prix. Completando os dez primeiros, o piloto italiano Federico Fuligni (MV Agusta) fez uma impressionante aparição de estreia, melhorando continuamente durante as duas sessões.

O wild card australiano Tom Toparis estava no ritmo, terminando em 14º na sua Yamaha após umas impressionantes 17 voltas.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Velocidade
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x