SBK, 2021, Most: Uribe é mais um Americano em SBK partir de Most

Por a 3 Agosto 2021 17:30

Jayson Uribe vai andar pela OUTDO TPR Pedercini, começando em Most depois de Samuele Cavalieri deixar a equipa antes de Donington Park

“Todos têm sido muito solidários e estar finalmente no paddock do Mundial de Superbike, onde há muito tempo queria estar, é ótimo!” Jayson Uribe

Uribe em ação numa Suzuki no MotoAmerica

Dois pilotos americanos irão competir no Mundial de Superbike a partir de agora, com a chegada de Jayson Uribe à OUTDO TPR Team Pedercini Racing ao lado do piloto belga Loris Cresson para o resto da campanha de 2021.

Após a partida do italiano Samuele Cavalieri e a prova única de substituição de Luke Mossey no Donington Park, Uribe torna-se assim o 2º Americano em SBK atualmente depois de Garrett Gerloff.

O jovem de 22 anos tem competido no campeonato de Superbike MotoAmerica desde 2018, marcando pontos em todas as épocas até à data.

Na campanha de 2021, Uribe ocupa o 13º lugar na classificação, com 33 pontos em dez corridas e um melhor resultado de oitavo lugar esta época, resultado que alcançou cinco vezes na MotoAmerica com a primeira participação em Miller Motorsports Park em 2019.

Uribe também competiu na categoria Supersport nos Estados Unidos, dividindo o seu tempo nos EUA ao lado de uma campanha no Campeonato Europeu de Moto2, onde terminou logo a seguir aos dez primeiros da classificação, repetindo um feito que alcançou em 2016.

Uribe tem experiência em circuitos europeus, reivindicando a vitória no campeonato francês de Superstock 600, o primeiro americano a vencer nos campeonatos franceses.

“Estou super entusiasmado por me ser dada a oportunidade de correr com o Team Pedercini em Most. Penso que vai ser muito divertido poder trabalhar com uma equipa tão grande e bem estabelecida. Também estou entusiasmado por rever algumas pessoas que já fazem parte da equipa que conheço (a família Gimbert) desde 2015, quando corri na série francesa de Superstock. Será bom voltar a ter uma Kawasaki.

Não tenho assimtanta experiência na máquina verde e é uma pista nova, por isso com certeza haverá uma grande curva de aprendizagem, especialmente com os pneus Pirelli, que também não conheço, mas estou pronto para o desafio. Até agora, todos têm sido muito solidários e estar finalmente no paddock do Mundial de Superbike que é um lugar onde há muito tempo queria estar, é ótimo. Estou a fazer tudo o que posso para estar pronto, tanto física como mentalmente, e mal posso agradecer ao Lucio e ao Team Pedercini pela oportunidade”.

O Director da Equipa Lucio Pedercini acrescentou: “Estamos encantados por acolher Jayson na equipa a começar na Ronda Checa. Ele é um jovem com muito potencial, e estamos encantados por termos conseguido chegar a um acordo para o levar ao Campeonato Mundial de Superbikes com a nossa equipa. Delineámos o nosso plano como uma equipa no início do ano para trabalhar e desenvolver jovens pilotos e assinar com Jayson está nessa filosofia. Será uma experiência totalmente nova para Jayson, e faremos tudo o que pudermos para o ajudar a adaptar-se à Kawasaki o mais rapidamente possível, sem lhe colocarmos qualquer pressão na sua estreia”.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x