SBK, 2020: Os problemas de Alex De Angelis

Por a 13 Dezembro 2020 13:30

Depois duma última participação no MotoE de 2020, Alex De Angelis anunciou que terminara a sua carreira de 20 anos no Campeonato do Mundo

“Não me diverti nem mostrei o verdadeiro Alex De Angelis no Campeonato Mundial de Superbike!”

O piloto não gosta de se lembrar dos anos no Campeonato Mundial de Superbike, onde considera que falhou.

Aos 36 anos, Alex De Angelis anunciou a sua reforma como piloto profissional de corridas. A sua última corrida foi na final da temporada de MotoE de 2020 em Le Mans.

Antes da série de corridas elétricas, De Angelis, que é de San Marino, pilotou nas 250 pela Aprilia e teve um breve interlúdio no Campeonato do Mundo de Superbike.

Em 2016 pilotou uma Aprilia RSV4 da IodaRacing, e em 2017 mudou-se para a Kawasaki Pedercini.

O veterano alcançou o seu único pódio na segunda corrida à chuva, no Lausitzring,  em 2016, um 2º lugar.

Enquanto outros ex-pilotos de MotoGP floresceram no paddock de SBK, (Max Biaggi e Carlos Checa até venceram o campeonato do mundo) o Campeonato do Mundo de Superbike para De Angelis foi a série em que ele teve menos sucesso.

“Correu mal desde o início“, disse De Angelis há dias. “Isto também veio do terrível acidente no Japão, no qual fiquei gravemente ferido. O mesmo braço voltou a causar-me problemas depois de um acidente na MotoE. Portanto, pode dizer-se que não me diverti nem mostrei o verdadeiro Alex De Angelis no Campeonato Mundial de Superbike. Não me sentia bem na altura.”

O tempo no Campeonato do Mundo de Superbike terminou prematuramente e de forma infameme para De Angelis com a saída da equipa de Lucio Pedercini.

Como recordação, o 4 vezes vencedor em GP caiu no TL4 no GP de Motegi de 2015, quebrando cinco vértebras, o esterno, a clavícula, omoplata e três costelas. Além disso, um nervo ficou danificado no braço direito.

De Angelis anunciou então a sua retirada, e não só por razões de idade.

“Infelizmente, não estou bem”, admitiu o homem de 36 anos. “Tenho uma dor severa no braço e perdi sensação na mão. Em San Marino fiz várias visitas ao hospital. Não parece ser crónico, as pode ser outra lesão nervosa e vai levar algum tempo para curar.”

Por nós, desejamos-lhe uma boa reforma!

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x