Dakar: Matthias Walkner sobre a caótica etapa 5

Por a 7 Janeiro 2022 10:42

Primeiro Toby Price, depois Danilo Petrucci, ambos passaram pelo pelo papel de vencedor da etapa 5, que acabaria na posse do ex-piloto de MotoGP. Matthias Walkner, ex-vencedor do Dakar e piloto de fábrica da KTM, concluiu a etapa de ontem no 11º lugar, “um dia muito caótico”, de acordo com as suas próprias palavras.

Embora a Etapa 5 já estivesse decidida desde as 10 horas, a entidade organizadora ASO ainda discutia o resultado por volta das 16h30. A razão desse atraso, foi, aparentemente, várias quedas que aconteceram na categoria de motos e quads. Como todos os helicópteros disponíveis estavam no ar, a partir de uma certa hora a especial foi cancelada, por motivos de segurança. A depois disso, a lista de resultados seria ajustada de acordo com as regras.

Matthias Walkner, vencedor do Dakar  e piloto de fábrica da KTM, concluiu a etapa de ontem no 11º lugar.

“Foi um dia pleno de ação”, começou por referir o piloto da Red Bull KTM, Matthias Walkner, no bivouac.

“No quilómetro 274 chegamos a este waypoint especial que todos estão a discutir agora. Não encontrei o waypoint e perdi alguns minutos. O Sam (Sunderland) atrás de mim seguiu na mesma pista, mas encontrou-o. O Sanders e o Benavides tiveram o mesmo problema que eu e, como resultado, perderam muito tempo.  Houve problemas técnicos, uma queda feia de um piloto, uma tempestade de areia e no final todos os helicópteros de resgate estavam no ar. Portanto, foi discutido se a especial seria encurtada. Foi um dia muito caótico com muita coisa a acontecer. “

Apesar disto, o vencedor do Dakar 2018 estava satisfeito com o seu desempenho, mesmo tendo perdido ontem 7,32 minutos para o colega de marca e vencedor da etapa Danilo Petrucci.

0 0 votes
Article Rating
1 Comentário
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
10 meses atrás

2squalid

Ensaios
últimas Motosport
Motomais
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x