Ensaio -Harley Davidson Roadster

Por a 20 Agosto 2016 16:46

A gama Harley-Davidson Dark Custom tem uma nova adição com a minimalista Roadster, uma máquina que promete inspirar com as suas linhas a próxima geração de motociclistas que procuram uma moto minimalista e com muito carisma.

_Abertura_40_43_Harley_b

Sem esconder toda a sua cultura, genética e histórica a Harley-Davidson mostrou recentemente mais uma adição à sua linha de modelos com o nome de Dark Custom. Com o nome de Roadster este novo modelo na gama de Milwaukee pretende ser uma fonte de inspiração para uma nova geração de motociclistas que começam a surgir um pouco por todo o mundo. Motociclistas

com um sentido distinto da cultura das duas rodas que seguem as mais recentes tendências de moda e facilidade de utilização da moto seja na cidade ou nas estradas mais isoladas, motociclistas urbanos que pretendem também usufruir dos momentos únicos de prazer que apenas a condução de uma moto pode proporcionar. Na Harley-Davidson sabem que muitos desses utilizadores da moto são também saudosistas e de inspiração na cultura ‘vintage’ sem quererem no entanto deixar de lado a face mais tecnológica que os construtores têm para oferecer. Por isso a HD apresentou um novo modelo que invocando as mesmas linhas que levaram ao nascimento do conceito ainda a meio do século passado não deixa no entanto de incorporar as mais recentes soluções tecnológicas como a utilização de um sistema de injecção de combustível em paralelo com um motor refrigerado por ar com todo o caractér que apenas um motor assim pode oferecer em termos de performance, sonoridade e carisma. Mas o motociclista moderno não quer apenas o lado cru das duas rodas e por isso algumas soluções de conforto foram adicionas no modelo americano para manter a actual tendência de escolha que muitos seguem quando chega a hora de optar entre um HD ou outra marca.

3136

[ninja_forms_modal_form id=5 image_link=’http://motosport.com.pt/wp-content/uploads/2016/09/botao_1.jpg’]      [ninja_forms_modal_form id=9 image_link=’http://motosport.com.pt/wp-content/uploads/2016/09/botao_2.jpg’]

Para equipar esta nova entrada na família Custom da marca norte-americana os engenheiros de Milwaukee escolheram o motor Evolution – a 45 graus neste caso – conhecido como Blockhead e que foi em 1984 o primeiro a ser aparafusado num quadro de uma Harley-Davidson. Refrigerado por ar mas contando com injeção eletrónica de combustível o dois cilindros com os seus generosos 1200cc de capacidade é reconhecido pelo ser elevado binário nas zonas mais baixas da curva de regime ao mesmo tempo que garante uma sonoridade como apenas uma HD pode transmitir quando circulamos em todos os regimes. Conta com cabeças e cilindros em alumínio de forma a garantir uma maior capacidade de refrigeração.

Este propulsor que nasceu com base nos Shovelhead e Ironhead é quase um legado da marca para o mundo das duas rodas e perante um novo modelo que pretende ser minimalista e purista nas suas sensações foi quase uma opção óbvia. Reclamando consumos relativamente baixos e uma enorme facilidade de utilização graças ao seu generoso binário a marca garante igualmente um elevado nível de fiabilidade numa moto que se inspirou na sua conceção nas máquinas mais desportivas de outras eras. O lado tecnológico do conjunto é reforçado pelos travões equipados com ABS de série que ajudam a parar os mais de 250 quilos de peso da Roadster.

3143

ESCOLHAS PREMIUM

A Harley-Davidson mais uma vez equipou da melhor forma um dos seus modelos e a Roadster na sua dianteira com forquilhas invertidas de 43mm – é a única Sportster a contar com esta opção na gama americana – dois discos de travão que garantem uma capacidade de travagem segura e que conta igualmente com a ajuda do sistema ABS, não esquecendo as jantes de cinco raios construídas em alumínio fundido e que ajudam a garantir um maior nível de conforto nas viagens mais longas. As linhas da mesma destacam-se pelos detalhes elegantes e refinados como o guarda-lamas traseiro cortado, os protetores de escape negros e recortados ou os gráficos de inspiração desportiva que ajudam a aumentar ainda mais o carisma da Roadster.

A moto conta igualmente com nova geometria de direção que visa aumentar a maneabilidade em todas as situações e torna a mesma mais responsiva ás solicitações do condutor que conta aqui igualmente com uma posição de condução mais desportiva. Uma maneabilidade muito própria como apenas as HD conseguem transmitir e que tem que ser encarada como diferente de todos os outros conceitos de moto, porque conduzir uma Harley é sempre uma experiência única que não se consegue obter em nenhuma outra moto mesmo que do mesmo segmento.

O novo assento de baixo perfil que está disponível nesta Roadster foi concebido para proporcionar um nível de conforto que ajude a uma utilização intensa da moto e muitas horas consecutivas na estrada em especial para o condutor, pois as reduzidas dimensões da secção traseira podem impedir a viagem a dois por muitos quilómetros, mesmo se a suspensão traseira permite a regulação da pré-carga através de um sistema de rosca. Mas a personalização está igualmente vincada no modelo, que segue a tendência ‘garage-built’ e de série podemos encontrar mesmo um sistema de chave inteligente que permite acionar o motor ou deixar a mesma no seu lugar de estacionamento sem sequer ser necessário retirar a chave do bolso em que a mesma se encontre. A Roadster chegou e quer conquistar corações.

3141

Texto: Rui Belmonte

Encontre aqui informações adicionais sobre a Roadster.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Ensaios
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png