MotoGP, Áustria: Segurança do Red Bull Ring posta em causa

Por a 17 Agosto 2020 13:00

Depois dos graves acidentes nas corridas de Moto2 e MotoGP em Spielberg, há discussões a decorrer sobre a segurança do Circuito Austríaco.

Quer nas Moto2, quer na MotoGP, as corridas tiveram de ser interrompidas pela bandeira vermelha, mas o facto é que certas zonas do Red Bull Ring, em vista das altas velocidades atingidas no traçado, podem não estar à altura em 2020!

Em tudo o resto, o circuito é considerado dos melhores do mundo

Na quarta volta da prova de Moto2, o vice-campeão do mundo Enea Bastianini caiu do quinto lugar depois da curva 1, com a sua Kalex a ficar atravessada na pista. Hafizh Syahrin não conseguiu esquivar-se, acertou em cheio na moto deitada no chão, e voou por cima desta, felizmente escapando quase ileso com uma contusão da anca. Edgar Pons e Andi Farid Izdihar também estiveram envolvidos na queda.

Na corrida de MotoGP, depois de uma colisão entre Franco Morbidelli (Yamaha Petronas) e Johann Zarco (Ducati Esponsorama) na reta, não houve um desastre mais grave como que por milagre, quando as suas motas desgovernadas chegaram à curva 3, e só não acertaram em Valentino Rossi e Maverick Viñales por centímetros.

Desde então, tem havido muito debate nas redes sociais, bem como no paddock de MotoGP, sobre a segurança no Red Bull Ring. Alguns até pensam que a pista em Spielberg não é adequada para corridas de moto.

A verdade é que nenhuma pista devia ter zonas do traçado que permitam a um moto caída noutra curva reentrar na pista mais adiante, como acontece aqui.

“Normalmente, não há nada de perigoso em curvas apertadas para as quais se trava de alta velocidade”, disse Zarco. “Mas se algo acontecer durante a fase de travagem… Quando choveu há dois anos, falámos sobre segurança na pista. Se se cair em lugares pouco habituais, como aqui a 300 Km/h, a moto pode ir a deslizar até muito longe, e temos que falar sobre isso. A segurança na pista não é má, porque o Franco e eu não ficámos feridos no acidente. O problema foram as nossas motos. Gosto desta pista, mas tenho de dizer que com um traçado assim, coisas más podem vir a acontecer.”

A pista, o velho Zeltweg ou Österreichring, foi adquirida por Dietrich Mateschitz, dono da Red Bull e totalmente renovada, sendo votada consistentemente pela MotoGP como dos mais bem organizados Grandes Prémios do ano.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas MotoGP
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x