MotoGP: Será agora que a Ducati tira partido do ‘aparente’ domínio?

Por a 23 Novembro 2021 10:14

A Ducati terminou o ano de 2021 de forma dominante em Valência. Mesmo com o título de pilotos perdido para Fabio Quartararo, a marca italiana alcançou os três primeiros lugares, continuando a boa forma nos testes de Jerez, com Francesco Bagnaia a fazer o melhor tempo. Mas será desta que a Ducati aproveita esta vantagem para ganhar o título de pilotos? É uma questão abordada pela Speedweek.com.

Na época que agora terminou, apesar de a Ducati já ter uma aparente vantagem, foi Fabio Quartararo que foi conseguindo carregar a Yamaha às costas. Das seis vitórias da marca japonesa, cinco foram conseguidas pelo piloto francês. E isto pode ter feito a diferença. Três pilotos diferentes da Ducati ganharam sete corridas em 18. E esta partilha de forças ‘custa pontos’ a nível individual. Jack Miller disse em Valência que a Ducati tinha um pacote que “funciona de forma fantástica e não temos de tocar em nada”.

Por isso, este aparente maior ritmo que a equipa apresenta na sua moto, pode não valer de nada se 2022 correr como correu 2021. Os pilotos da Yamaha e da Suzuki têm vindo a pedir melhorias nas suas motos, porque sentem que as forças estão desequilibradas. Mas a época de 2022 vai ser interessante para perceber se a equipa mais forte ganha mesmo. Existe na verdade um potencial na marca de Bolonha, que pode na realidade não estar a ser aproveitado da melhor forma em termos de resultados.

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x