MotoGP, Países Baixos, Fábio Quartararo (2º)*: “Hoje não precisava de ser o mais rápido”

Por a 24 Junho 2022 16:25

O campeão mundial e líder do campeonato Fabio Quartararo, que venceu a corrida no ano passado em Assen à frente do seu companheiro de equipa Maverick Viñales, ocupou hoje o segundo lugar na tabela de tempos combinada das duas primeiras sessões de treinos livres, após a penalização atribuida pela organização ao piloto da Aprilia, Aleix Espargaró.

“No TL2 fui um pouco mais cauteloso no final do quarto setor e na curva 4, mas fora isso a pista estava bem seca”, observou o piloto de fábrica Yamaha que preferiu “não arriscar em condições secas. Andou-se muito rápido no final da sessão, e os tempos de volta que foram semelhantes ao ritmo de corrida do ano passado demonstraram-no.”

“A parte complicada para nós, pilotos da Yamaha, foi o início, quando saímos com pneus de chuva e ainda havia manchas molhadas na pista. Estas são as piores condições para a nossa moto, mas também para mim. É difícil quando largamos com pneus de chuva em condições mistas, porque se rodarmos muito devagar,  os pneus arrefecem perigosamente.”

“A Yamaha é muito rígida, então não podemos inclinar muito no molhado. É por isso que tornámos a suspensão um pouco mais macia. Isso foi, claro, uma desvantagem no final com piso seco, quando eu queria melhorar o meu tempo. Mas hoje não era o dia em que tinha que ser mais rápido de qualquer maneira e nesse sentido, foi um bom dia.”

Concluiu o francês da Yamaha, que completou o dia a 305 milésimos do melhor tempo protagonizado por Pecco Bagnaia com a Ducati.

*Classificação alterada devido a penalização de Aleix Espargaró

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x