MotoGP, Joan Mir explica as suas duas colisões em Assen

Por a 30 Junho 2022 16:32

Joan Mir teve um Grande Prémio dos Países Baixos atribulado, tendo sido atingido por Miguel Oliveira antes do arranque, atingindo depois Luca Marini no momento da largada. O espanhol explicou esses dois momentos, que não o impediram de terminar no top-10 (oitavo lugar).

“Agora tens de engatar o dispositivo frontal, e, com a nossa moto, tens de travar a fundo para o engatar. Quando vi a minha posição inicial, travei, e o Oliveira bateu-me. Perdeu uma asa, talvez, mas a minha moto estava OK. Mas foi uma batida forte. Pensei que a corrida tinha acabado ali. Quando senti a pancada, olhei para trás e pensei ‘vamos para a box’, porque foi muito forte”, disse, sobre a primeira colisão.

“Se forem ver, eu arranquei melhor e ele patinou muito. Vi que ele estava a perder velocidade, e, normalmente, posso ultrapassar assim. Mas, quando deslizou, ele foi para a esquerda. Eu queria ir nessa direção, ele queria ir na mesma direção, e tocámo-nos. Felizmente, nada aconteceu, e peço desculpa pela minha parte. Pensei que estava mais ou menos sob controlo, mas, quando ele deslizou, perdeu um pouco de controlo”, referiu, acerca do choque com Marini.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x