MotoGP: Ducati e Aprilia com reações diferentes após o acordo com a KTM

Por a 13 Junho 2024 15:55

Enquanto o piloto de fábrica da Aprilia, Maverick Vinales, foi autorizado tirar a foto do momento de assinatura do contrato de MotoGP com a KTM, a Ducati impediu Enea Bastianini de despir o fato vermelho.

A surpresa foi um sucesso. O acordo em pacote duplo com os principais pilotos de MotoGP Maverick Vinales e Enea Bastinani dá ao projecto de MotoGP da austríaca Pierer Mobility AG um impulso decisivo no caminho para a conquista do título de MotoGP.

As reacções das duas fábricas italianas ao ataque global dos austríacos foram diferentes. A Aprilia mudou para ponto morto e permitiu que Vinales fosse fotografado com a direcção da KTM Motorsport até ao final do ano e numa data antecipada, apesar do seu contrato estar válido. Porém, do lado da Ducati a resposta foi vaga: “Sem comentários”. Disseram.

O principal em Noale agora será avaliar rapidamente as restantes opções para melhor ocupar o lugar ao lado de Jorge Martin. Os dois pilotos da Trackhouse Miguel Oliveira e Raul Fernandez são candidatos adequados. Mas Massimo Rivola também manterá negociações fora da Aprilia. O ex-campeão mundial Joan Mir, mas também os dois pilotos do VR46, Di Giannantonio e Bezzecchi, caberiam na estrutura.

Em Bolonha, a saída de Enea Bastianini é interpretada de forma mais estrita. A Ducati Corse insiste no contrato válido e proíbe o piloto ainda de fábrica de fazer quaisquer declarações públicas ou comunicações que o mostrem em conexão com um fabricante que não seja a Ducati.

5 1 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
This site uses User Verification plugin to reduce spam. See how your comment data is processed.
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x