MotoGP, Brad Binder explica os efeitos da perda da asa em Le Mans

Por a 19 Maio 2022 15:23

Brad Binder teve um momento complicado no Grande Prémio de França, em que uma colisão com Johann Zarco levou à perda da asa da moto do piloto da KTM. O sul-africano, que terminou em oitavo, explicou as dificuldades que sentiu na sua corrida depois desse momento.

“Muito feliz por ter terminado em oitavo, claro que houve muitas quedas à nossa frente, mas, considerando tudo, podemos sair daqui felizes, porque foi muito físico e difícil conduzir sem uma asa. É caótico. Tive algum arm pump, e, quando os meus braços estavam mortos, estava a usar as minhas pernas. Quando as minhas pernas estavam mortas, estava apenas à espera que as voltas terminassem”, disse.

“O problema é que a moto abana muito. Porque começa a puxar para um lado o tempo todo, tens de estar sempre a corrigir a direção. Começa a oscilar, tens de aguentar e ficas sem oportunidade de descansar nas retas, porque tens de estar sempre a compensar. Foi uma corrida longa e difícil”, referiu.

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x