MotoGP, 2021, San Marino: Será Bagnaia o novo Casey Stoner?

Por a 19 Setembro 2021 09:42

O italiano senta-se na pole, mas apenas uma Ducati alguma vez conseguiu a vitória em Misano saída de 1º! Algumas estatísticas ante do GP de San Marino…

Depois de uma emocionante qualificação de MotoGP para o Grande Prémio Octo de San Marino, Francesco Bagnaia (Ducati Lenovo Team) senta-se na pole e, embora isso seja algo a celebrar, vem com uma advertência quando se trata de Misano.

1.   Francesco Bagnaia qualificou-se na pole position (estabelecendo um novo recorde de todos os tempos em Misano) pela terceira vez no MotoGP desta temporada, somando-se aos sucessos de qualificação no Qatar e MotorLand Aragón.

2.   Esta é a quarta pole da Ducati em Misano no MotoGP, com Casey Stoner em 2007 e 2008 e Jorge Lorenzo em 2018 as outras. Apenas Stoner em 2007 venceu a corrida (e fou o único que terminou no pódio).

3.   Desde 2007, apenas quatro pilotos venceram a corrida de MotoGP após a qualificação na pole position em Misano: Casey Stoner (2007), Valentino Rossi (2009), Dani Pedrosa (2010) e Maverick Viñales (2020).

4.   Esta é a primeira dupla consecutiva Ducati 1-2 em sessões de qualificação do MotoGP desde 2018, quando foram três seguidas de Silverstone a Aragón.

5.   Fabio Quartararo (Yamaha Monster Energy) qualificou-se em terceiro e parte da primeira fila pela 35ª vez (no que é a sua 47ª corrida em MotoGP, quase 74,4%). Nas suas 34 partidas anteriores da primeira fila, conseguiu terminar no pódio 17 vezes (incluindo sete das suas oito vitórias na categoria rainha até agora).

6.   Jorge Martin (Pramac Racing) qualificou-se em quarto lugar como melhor piloto Independente e terceiro piloto da Ducati (assim como o estreante de topo), que é a sexta vez no que é a sua 10ª corrida de MotoGP, em que parte das duas filas da frente da grelha.

7.   Pol Espargaró (Honda Repsol) qualificou-se em sexto lugar como o mais alto da Honda. Esta é a quinta vez consecutiva que não há nenhum piloto Honda na primeira fila do MotoGP em Misano.

8.   No Q1 pela sexta vez desde que voltou de lesão em Portugal (mais duas entre 2013 e 2020 antes da sua lesão), Marc Márquez (Honda Repsol) juntou-se à Q2 e qualificou-se em sétimo lugar (depois de uma queda) pelo o seu pior resultado de qualificação no MotoGP em Misano.

9.   Maverick Viñales qualificou-se no 10º lugar, que é o seu melhor resultado de qualificação desde que entrou para a Aprilia. O seu objetivo será tornar-se apenas o segundo piloto a obter duas vitórias em motos de dois fabricantes diferentes numa única época da categoria rainha, juntamente com Mike Hailwood em 1961 (TT/Norton, GP das Nações/MV Agusta).

10. Joan Mir (Suzuki Ecstar) qualificou-se em 11º, sendo a oitava vez até agora este ano que não conseguiu partir das três primeiras filas da grelha. Dos seus 12 pódios de MotoGP até ao momento, oito deles vieram depois de não ter partido das duas filas da frente da grelha.

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x