MotoGP, 2021, Qatar: TL3 – Morbidelli o mais rápido, Oliveira 10º

Por a 27 Março 2021 13:36

Perante o ataque nos últimos minutos de Jack Miller, o italo-brasileiro Franco Morbidelli baixou o seu tempo para 1’54.676 min e sem dificuldades aparentes terminou na frente da Aprilia de Aleix Espargaró e Luca Marini, duas surpresas inesperadas… Miguel Oliveira foi décimo, o que deixa boas perspetivas para o piloto de Almada, apesar de estar obrigado a ir ao Q1.

Depois de Franco Morbidelli não conseguir confirmar o seu melhor tempo na primeira sessão de treinos livres, sendo batido no TL2 por um Jack Miller que se encontrava no papel de favorito na luta pela pole, a terceira sessão de hoje trazia decisões ainda mais importantes.

O TL3 não só definia os pilotos que passam diretamente ao Q2 deste sábado, como seria crucial para se confirmar, ou não, se realmente as Ducati e Yamaha manteriam o seu domínio, sem esquecer a grande surpresa Aprilia – com Espargaró no top 10! – por contraste com o baixo rendimento da KTM e os problemas de acerto na moto detectados por Miguel Oliveira, e também por Danilo Petrucci na KTM RC16 da Tech3: “Não tivemos tempo de encontrar o equilíbrio ideal da moto. Se travo muito forte tenho muito peso na roda dianteira. Se acelero há muito peso na roda traseira. A moto está muito instável para mim, especialmente na última curva onde não encontro forma de variar a linha”, queixava-se Danilo, o novo recruta da marca austríaca depois de um ano contrastante com a Ducati em 2020, coroado com uma vitória no piso molhado de Le Mans.

Acesso o sinal verde para o início da terceira sessão de Treinos Livres, Jack Miller viu a frente fugir da Ducati, ainda com os pneus quentes, não evitando uma queda furtuita. Franco Morbidelli logo aproveitou a deixa, passando a liderar a sessão com a M1-Específicação A na frente das Yamaha de Quartararo e Viñales. Nas boxes da Suzuki davam os últimos toques na moto do campeão Joan Mir, Miguel Oliveira saltava para 5º com a Red Bull KTM atrás da GSX-RR de Alex Rins e na frente das LCR Honda de Alex Marquez e Nakagami. Aleix Espagaró (Aprilia) que fechavam as contas dos oito primeiros. No entanto, tudo muito permaturo para tirar quaisquer conclusões.

A 20 min do final do TL3 o francês Quartararo trocava de posição com Morbidelli para passar a lider de uma sessão onde a Yamaha tinha três motos nos três primeiros, seguidas pelas motos de Marquez, Rins e Oliveira (6º). Decepcionante sim, o modesto tempo de Pol Espargaró (16º) com a RC213V da Honda Repsol, mas também as dificuldades de Miller (13º) em apanhar o ritmo depois da queda inicial.

Parece que adivinhavamos, porque também nós esperavamos pelos minutos finais para encontrar decisões. Nos últimos cinco minutos, Morbidelli baixou o melhor tempo para 1’54.676 min. O atual campeão Joan Mir e o estreante da Tech3-KTM Danilo Petrucci avançaram para o top 5 da FP3 por enquanto, mas foram destituídos pelo novato Luca Marini (2º) e pelo piloto de fábrica da Aprilia Aleix Espargari (3º). Miguel Oliveira concluiu a sessão no décimo lugar.

Para esclarecer todas estas interrogações

para a abertura da MotoGP no Catar.

5 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x