MotoGP, 2021: Guy Coulon, mecânico de Oliveira, em direto, 2

Por a 25 Dezembro 2020 15:00

Conclusão da rara entrevista com Guy Coulon, que revelou segredos da época antes da sua reforma

“O caso é que  tive um grande ano, com duas vitórias, e ainda mais raro, subi ao pódio, pela primeira vez, e bebi espumante Prosecco

Coulon continuou a entrevista a falar do desenvolvimento da KTM RC16 e como a moto começou a funcionar melhor:

“Foi aí que vimos o grande interesse de ter quatro motas idênticas! Podes trabalhar bem, e responde à crítica das motos de fábrica serem diferentes.

“Na Yamaha, em 2020, queriam as motos de 2019, que por sua vez não queriam em 2019 porque preferiam as de 2018, etc… O Morbidelli andava mais depressa , mas é porque tinha a moto de 2019, não era por ser melhor… Não faz sentido!”

Já falei da minha teoria do califa e dos grão-vizires. Na primeira corrida, o califa deixou de estar lá, por isso, três ou quatro pequenos vizires disseram “vamos ser califas em vez do califa”.

“O vizir que mais me surpreendeu, pela negativa, foi o Dovi, porque pensei que ia resistir bem, mas na verdade, desmoronou como os outros.”

Francamente, na KTM, no início da época, quer houvesse Márquez ou não, não nos dizia respeito porque na nossa mente estava muito longe de nós, por isso todos continuaram a trabalhar em silêncio. Na Suzuki, os pilotos calam a boca, nunca os ouves dizer “ah, foram os pneus! Ah, foi a suspensão! Acho que também estava muito longe deles, por isso continuaram a trabalhar em silêncio. Moral da história, fizeram 1º e 3º no campeonato!”

“O Morbidelli, a Yamaha menos proeminente, que disse “há três Yamahas à minha frente, a luta pelo título não me diz respeito”, termina em segundo lugar no mundial!”

“E na Ducati, os dois menos proeminentes, Johann e Miller… Bum! São as melhores Ducati, foram eles que fizeram o melhor trabalho!”

“Foi divertido, mas tivemos de passar por séries de três corridas consecutivas, acho que fizemos 11 corridas em 14 semanas ou algo assim.”

“Os pilotos tinham de ser fortes, mas as equipas técnicas, tínhamos de ser sólidos também! Tínhamos de nos concentrar e não passar o tempo a atender o telemóvel e blá-blá-blá. Por exemplo, entre Aragon 1, onde não correu muito bem, e Aragon 2, passei segunda e terça-feira a rever todas as corridas desde o início do ano, com os comentários do Miguel, para tentar ver onde tínhamos discrepâncias. E reescrevi à mão as configurações de cada sessão e de cada corrida, fazendo uma coluna, no final da lista que era longa, escrevendo onde tínhamos variado um pouco e o que tínhamos que fazer como ajustes básicos para recomeçar sexta de manhã.”

“Na última coluna, havia as configurações iniciais, que eu propus ao Sebastian Risse. E na verdade, depois da corrida onde correu bem, em cerca de vinte linhas, estávamos dois ou três detalhes dentro da ideia original.

“Neste momento, estamos em Borne-les-Mimosas, a nossa base e tudo é monitorizado regularmente para manter as motos em condições. As motos são esvaziadas do líquido de refrigeração, mas o óleo é mantido nos motores.”

“Estamos à espera de descobrir, e provavelmente será o caso, se eles vão enviar o que for preciso para andar nas motos de teste de fim de inverno com um ou dois engenheiros. Na verdade, as motos normalmente voltam à fábrica e vamos à fábrica para as readquirir. Mas com a história do Covid, pensaram que seria difícil andar de camião em Janeiro. Se o tráfego for restrito, será mais fácil levar as peças para a oficina e uma equipa para conduzir até aqui para fazer o que tem de ser feito connosco.”

“O caso é que  tive um grande ano, com duas vitórias, e ainda mais raro, subi ao pódio, pela primeira vez, e bebi espumante Prosecco, porque esta foi a minha última corrida como mecânico chefe. Não costumo ter de subir ao pódio, porque se o teu piloto está no pódio, basicamente não precisa de ti. Por outro lado, quando terminar em 15º lugar, é melhor estar na boxe porque é aí que ele precisa de explicar os seus problemas. Se ele está no pódio, é porque não correu muito mal, por isso não precisa de ti. E em geral, quando todos vão para o pódio, deve haver alguém que fica lá para ver que ninguém foge com o resto das peças!”

“Agora alguém vai aceitar o emprego e eu vou fazer outra coisa. Não me vou reformar da Tech3. Estou a fazer o que disse e vou reformar-me como mecânico, mas é tudo. Continuarei a tratar do que tem de ser feito, certamente não indo aos circuitos, a menos que seja necessário numa base ad hoc.

Mas há muito a fazer entre as corridas aqui, por isso vou tratar de todas estas coisas, especialmente as semanas entre as corridas para enquadrar tudo e aconselhar se for necessário.

Na verdade, aqui, não há ninguém entre corridas para fazer trabalho, porque estão todos nos circuitos.

De qualquer forma, basicamente, o problema é simples, uma vez que sou um dos dois donos da Tech3, vou estar lá para que tudo funcione melhor. Não digo que esteja farto de ser mecânico chefe, mas ainda estou aqui no meu trabalho para fazer tudo funcionar.”

“Acho que vou continuar muito ocupado!”

3.5 4 votes
Article Rating
1 Comentário
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
zeacelera
zeacelera
4 meses atrás

Como o Miguel Oliveira por ter licença de de condução de automóveis ligeiros, pode legalmente conduzir motociclos até aos 125 cm3. Isto quer dizer que o Miguel Oliveira não pode legalmente conduzir motociclos com cilindradas superiores. Não me parece lógico o Miguel Oliveira ir ter aulas de condução de motociclos com cilindradas e potências superiores, com alguém que dificilmente lhe possa ensinar alguma coisa, e o mesmo se passará com o respectivo examinador. Assim sendo o IMT deveria atribuir-lhe a licença de condução de motociclos acima de 125cm3, Honoris Causa, em vez de PR e Governo andarem a fazer homenagens e discursos ocos. Se o Governo não o fizer, lançemos uma petição com vista à atribuição da licença Honoris Causa ao Miguel Oliveira que bem a merece.
PS: Esta ideia deriva de ter ouvido numa entrevista ele ter dito que não tinha a respectiva licença.

Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
1
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x