MotoGP, 2021, Estíria: Comunicado da KTM deixa Poncharal embaraçado

Por a 9 Agosto 2021 13:30

O francês diretor de Tech3 disfarçou bem para os jornalistas, mas estava furioso e embaraçado com o comunicado da KTM que confirmou Raul Fernández na Tech3, e ao mesmo tempo o inevitável despedimento de ambos os pilotos atuais

Quando apenas Gardner estava confirmado na Tech3, ainda havia uma hipótese de um dos atuais pilotos, julga-se que seria Petrucci, duas vezes vencedor em GP, permanecer para 2020. Agora, sabe-se que não é assim.
Poncharal, de 60 anos, fez a melhor cara que pode quando disse que era uma excelente notícia ter a perspetiva de mais um piloto de talento a subir a sua equipa em 2022, mas não pôde esconder o quanto era embaraçoso o comunicado.

Primeiro, por ter sido feito sem poder avisar primeiro os seus pilotos e segundo, pela falta de consideração da KTM ao próprio Poncharal, que é considerado um parceiro–chave no esforço da marca de Mattighofen na MotoGP, e aliás lhes deu 2 das 4 vitórias da marca na classe com Miguel Oliveira.
“Ao princípio de fim-de-semana, estava tudo combinado para ser anunciado depois do Grande Prémio, talvez segunda-feira, mas alguma coisa precipitou a decisão…” disse Poncharal.

Pensa-se que terá sido a iminente e potencialmente embaraçosa revelação por fontes independentes que forçou a mão da KTM, mas o caso é que Iker Lecuona e Danilo Petrucci ficaram em lágrimas quando desmontaram da moto no final do treino e jornalistas os interpelaram, só então ficando a saber que o seu contrato estaria terminado no final da época, possivelmente implicando o fim da sua carreira em MotoGP.

Depois da corrida, Poncharal disse, à laia de desculpa:

“Estamos encantados, orgulhosos e entusiasmados por receber Raul Fernández ao lado de Remy Gardner. Raul fez definitivamente uma primeira parte inacreditável da sua temporada de rookie em Moto2, e vê-lo a subir à MotoGP ao lado de Remy deixa-nos muito entusiasmados. Sabemos que ainda temos meia temporada pela frente com os nossos atuais pilotos, Danilo Petrucci e Iker Lecuona, a quem quero agradecer a sua dedicação e a sua atitude construtiva sem fim. É sempre doloroso tomar uma decisão, sempre muito difícil dizer aos seus pilotos que a nossa relação chegará ao fim, é a parte difícil do nosso trabalho. Esperamos poder dar o melhor apoio e a melhor atmosfera a ambos, Danilo e Iker, para a restante temporada de MotoGP”.

Poncharal tem agora muito que explicar aos seus pilotos, e a caminho do segundo Grand Prémio no Red Bull Ring, para todos efeitos a prova de casa da KTM, o ambiente deve estar gelado dentro da equipa francesa, não ajudando à ambição de obter um bom resultado…

5 2 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x