MotoGP, 2021, Catalunha – TL4: Quartararo domina, Oliveira 3º de novo

Por a 5 Junho 2021 15:36

Se há dois pilotos que podem sorrir, eles são Fabio Quartararo e Miguel Oliveira, que sem muito esforço aparente conseguiram os seus objetivos no quarto treino livre.

Com 26,6 graus de temperatura ambiente e próximo da hora em que a corrida terá lugar amanhã em Montmeló, o quarto treino livre iniciou-se com Franco Morbidelli no topo da tabela de tempos, Fabio Quartararo na segunda posição e com Miguel Oliveira a fechar o trio dos pilotos mais rápidos – cumprindo o que tinha dito na sexta-feira: atacar os tempos!

O piloto luso da KTM foi o primeiro a estabelecer o melhor tempo, batido no final da volta de Quartararo, mas o francês tão depressa perdeu essa posição para Maverick Viñales como a recuperou. Oliveira melhorava a sua volta e subia a terceiro, depois segundo atrás de Quartararo, num bom 1’39,726. Excelentes indicações para Oliveira. Marc Marquez também com bons sectores, feitos a rodar junto com Viñales colocava a Honda na quarta posição; Valentino Rossi estava à entrada do top 10.

Oliveira, consistente em voltas de 1’40, mostrava que tinha feito a escolha certa nos pneus, Johann Zarco era o melhor das Ducati, atrás do português na tabela de tempo, em quarto. Valentino Rossi subia a sexto, logo atrás de Marc Marquez. Quartararo baixava o melhor tempo uma décimas, para 1’39,681, Viñales e Oliveira mantinham o segundo e terceiro lugar, respectivamente.

Antes dos últimos dez minutos todos os primeiros vão à box para os derradeiros ajustes. Depois disso, é Jack Miller que vem ao ataque com a Ducati oficial, mas mantém a oitava posição. Pior está Aleix Espargaró que depois de uma queda ainda não saiu com a Aprilia da 20ª posição. O regressado Jorge Martin cai mas sem consequências.

A 5 minutos do final Miguel Oliveira mantem-se como o terceiro piloto mais rápido, estranhamente, e depois de um TL3 avassalador, Franco Morbidelli luta pela entrada nos dez primeiros; isto enquanto Zarco, quarto, continua a fazer mais que Miller e Bagnaia com as Ducati Lenovo oficiais.

Oliveira em terceiro está com pneus duros atrás e à frente, Viñales em segundo com um médio e duro traseiro, ambos parecem ter percebido que uma mistura de composto é a melhor solução para o circuito catalão. Nos derradeiros instantes, Quartararo baixa mais umas décimas, desta vez para 1’39,602 que acaba como a melhor volta do TL4. Oliveira pode sorrir, porque cumpriu o prometido!

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x