MotoGP, 2021, Áustria: Oliveira e o pneu defeituoso

Por a 13 Agosto 2021 08:43

Inicialmente, Miguel Oliveira foi prudente a atribuir culpas no caso do slick dianteiro ‘defeituoso’ da semana passada… mas agora, com fotos do pneu publicadas, falou

“É bastante claro, nalgumas fotos publicadas, que dois bocados de borracha voaram do pneu!”

Para além de confirmar um defeito do pneu dianteiro, Miguel Oliveira deu poucos detalhes imediatamente após a sua desistência do último domingo no MotoGP da Estíria.

Posteriormente, porém, imagens emergiram mostrando dois grandes pedaços de borracha em falta no centro do seu pneu.

Para lá disso, a decisão da Michelin de substituir o pneu dianteiro duro assimétrico por um pneu duro simétrico para o segundo encontro no Red Bull Ring deste fim-de-semana encorajou o português da KTM a falar em maior detalhe.

“Acho que fui bastante educado e cuidadoso com o que disse no domingo”, disse Oliveira. “Agora é bastante claro, depois de algumas fotos terem sido publicadas, que duas peças de borracha saíram do pneu.”

“Não sei a razão, nem sou o melhor para poder responder porque isto aconteceu”. “O resultado é que eles substituíram o pneu da frente por outro. Esperemos que isto seja seguro e que também funcione para nós.”

“É basicamente isso. Não foi um fracasso causado pela equipa, quero dizer, as temperaturas e pressões estavam dentro da margem que a Michelin recomendou. Não foi um erro de pilotagem devido a atacar demasiado cedo. A conclusão a priori parece ser um defeito de pneu. Isso é o que eu penso”.

O desempenho dos pneus dianteiros tem sido um problema para a KTM durante grande parte desta temporada, depois de a sua opção favorita ter sido retirada da atribuição de 2021 e substituída pela assimétrica, que os pilotos da KTM consideram ser demasiado macio.

“A Michelin substituiu um pneu dianteiro duro que estava entre um médio e um mais duro”, disse Oliveira. “Por isso tentaram substituir este pneu por um assimétrico, mas este pneu não funciona desde o primeiro dia em que o experimentámos. Não só nós comentámos isso, mas também outros pilotos e fabricantes comentam que este pneu é por vezes difícil de compreender e não está a dar o feedback certo.”

“Aqui em Spielberg já estava tudo a funcionar bem. Mas, digamos que se tivéssemos outra escolha, não correríamos com este pneu. Isto é algo de que temos vindo a avisar a Michelin desde Portimão, onde esta opção assimétrica era a única.”

“O que me aconteceu também já aconteceu ao Iker Lecuona em Barcelona e ele caiu. Desde Barcelona, a nossa equipa também avisou a Michelin que nesta pista – que é uma das mais exigentes na frente em termos de temperatura e pressão – estaria no limite para nós, mas mesmo assim eles não estavam convencidos e acreditaram que esta atribuição aqui funcionaria.”

“E funcionou, para o Brad e o Iker, mas simplesmente não funcionou para mim. Estamos a lidar com uma área bastante limitada porque a Michelin é obrigada a trazer pneus que terminem as corridas e que sejam seguros e possam funcionar para todos os fabricantes. É uma linha estreita e não é assim tão preto e branco.”

“Para nós a escolha de ir com a frente assimétrica em pistas onde ganhámos no passado com o pneu duro anterior é o que nos deixa um pouco tristes e sem perceber realmente porque o substituíram nas pistas onde ganhámos corridas na época passada.”

“Sentimos que fomos um pouco sacrificados pelo resto da grelha e fomos nós que tivemos de nos adaptar. Para resumir a história toda, isto é o que não é muito agradável”.

Entretanto, Oliveira teve algum tempo para descansar a lesão no pulso lesionada na sexta-feira passada.

“O meu pulso está melhor e livrei-me do gesso esta terça-feira, porque não temos muito tempo para depois recuperar”, disse ele. “Temos passado este tempo a tentar fazer fisioterapia. A melhor maneira é tentar mexer os dedos e fazer a minha vida normal e espero que isto seja suficiente”.

Oliveira, que obteve a sua primeira vitória no MotoGP pela Tech3 na segunda ronda austríaca no ano passado, começa este fim-de-semana tendo mantido o sétimo lugar no campeonato mundial, pois os dois rivais imediatamente acima, Miller e Viñales, também não pontuaram.

3 3 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x