MotoGP, 2020: Pol Espargaró quer bater Marc

Por a 29 Dezembro 2020 14:00

Pol Espargaró, estreante na Honda para o ano, fala francamente sobre o enorme desafio de competir contra Marc Márquez como companheiro de equipa no Mundial de MotoGP, mas acredita firmemente que pode dar luta ao multi-campeão

“É difícil, mas não é impossível bater o Marc”

Pol Espargaró

Dentro de algumas semanas, a aventura de MotoGP para Pol Espargaró começará na sela da RC 213V de fábrica da Honda Repsol.

O catalão optou por isso no início da temporada de 2020 antes da paragem do Covid. Alguns observadores suspeitam, portanto, que o mais novo dos dois irmãos Espargaró não fez favores a si próprio e teria sido melhor ficar na KTM.

O próprio Espargaró pensa muitas vezes no seu novo desafio, que é competir contra o oito-vezes campeão do mundo Marc Márquez.

No entanto, ainda não há previsão para o regresso de Márquez,

“Durante todo o ano, vi as Hondas de perto, pensei muito e vi vídeos. Milhões de coisas fáceis! De qualquer forma, nós na KTM também fomos inspirados pela Honda, são motos bastante semelhantes”, explica Espargaró em entrevista à rádio “Onda Cero”. Além disso, Dani Pedrosa, veterano da Honda, foi levado para a KTM como piloto de testes, e isso terá de alguma forma aproximando as duas.

Espargaró confessa:

“Queria uma verdadeira aventura. Estive na KTM durante quatro anos e desenvolvi a moto lá do zero. Que maior desafio pode haver do que andar ao lado do melhor piloto, que é o Marc, sim, e ficar na grelha com a melhor moto no futuro? Claro que há anos bons e piores, mas o Marc ganhou 80 por cento dos títulos do Campeonato do Mundo nos últimos anos.”

O campeão do mundo de Moto2 de 2013 descreve a situação desta forma:

“Para mim, o desafio é estar ao lado do Marc, aprender com ele e ver o que ele faz de forma diferente de todos os outros. Ao mesmo tempo, quero melhorar-me. Espero que ele volte logo. Marc é muito importante para a Honda. Será muito importante que ele volte em breve.”

Olhando para 2021, Pol Espargaró faz um grande sorriso e graceja: “Acho que vou ganhar o Campeonato do Mundo!”

E acrescenta: “Toda a gente sabe que é muito difícil derrotar o Marc. Mas não é impossível!”

O problema é que, cada vez que ele bate Marc Márquez, o despertador insiste em tocar, dizemos nós!

2 1 vote
Article Rating
2 Comentários
antigo
recente mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
alessandrohansenvargas
alessandrohansenvargas
3 meses atrás

Mas lembrem-se bem: a Honda do Dani Pedrosa é “outra Honda” que a do Marquez… Portanto, semelhanças hão de haver, mas será que estariam em tanta sintonia assim com o que o Espargarózinho pensa?

alessandrohansenvargas
alessandrohansenvargas
3 meses atrás

“Toda a gente sabe que é muito difícil derrotar o Marc. Mas não é impossível!”
Que vença-o então, não que fraqueje na “hora da verdade” e entregue “o ouro” como o fez esse ano, inclusive no caso das vitórias da KTM com Oliveira…
Falando nisso, a que conste, quem pilotava a KTM “oficial” e quem a “Satélite” mesmo?!
Tudo isso, realmente, leva a verificar que talvez o moço precise primeiro de tudo, colocar seus pés firmemente no chão!

Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
2
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x