MotoGP, 2020, Le Mans: Oliveira cai mas ainda fica em 9º, quatro Yamahas à frente

Por a 10 Outubro 2020 13:53

Quartararo liderou a final do TL4 sobre um trio de Yamaha, com Oliveira  a ver o resto do treino da boxe depois de uma queda

Ironia suprema na segunda metade do Treino Livre 4, no regresso à pista Miguel Oliveira cairia nalgum resquício de óleo que ele próprio tinha entornado antes da interrupção da sessão!

Com Quartararo inevitavelmente a ir para a frente e Oliveira a reter o terceiro tempo, também Alex Rins vinha cair logo a seguir.

Obviamente, devido à queda, Oliveira desceu gradualmente na tabela com Morbidelli a ir para a frente a seis minutos do final e Espargaró, Viñales, Petrucci e Miller mais rápidos que o português que, com duas motos fora de acção, seguia a ação da box.

Quartararo estava ao rubro e a quatro minutos e meio do fim da sessão tentava melhorar o tempo do seu próprio colega de equipa, com o segundo de Vinales e Rossi a vir para sexto completando um braçado de Yamaha na liderança.

Quando Nakagami chegou a sétimo, baixando o português mais um lugar, Rossi consolidava a boa prestação das Yamaha ao chegar a 4º, já com Fábio Quartararo a liderar de novo com o seu 1:32.528

MotoGP, TL4, Top 10

120F. Quartararo1:32.528
221F. Morbidelli+0,005
312M. Viñales+0,035
446V. Rossi+0,138
544P. Espargaró+0,191
69D. Petrucci+0,271
730T. Nakagami+0,350
843J. Miller+0,444
988M. Oliveira+0,504
1035C. Crutchlow+0,529
3 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x