MotoGP, 2020, Barcelona: Danilo Petrucci nega culpa no acidente de Zarco

Por a 28 Setembro 2020 15:30

Andrea Dovizioso, piloto de fábrica da Ducati, foi eliminado no GP da Catalunha por Johann Zarco, que caiu depois de um movimento brusco de Danilo Petrucci.

A queda de Andrea Dovizioso na segunda curva após o início do GP da Catalunha provocou um acalorado debate em fóruns de fãs em todo o mundo. O italiano tinha sido abalroado, uma vez mais, pelo seu colega da Ducati Johann Zarco, mas desta parece mesmo que Zarco também não teve culpa da queda que custou a Dovizioso 3 lugares no campeonato.

Observando cuidadosamente as imagens vídeo, vê-se que a queda do francês foi precedida por um momento entre Pol Espargaró e Danilo Petrucci, que se desviou de repente, provocando a reação de Zarco que levou à queda.

A moto caída chocou com Dovizioso, que foi ao chão também e disse adeus à liderança do campeonato… “Analisámos os dados em detalhe, acho que não sou o culpado pelo acidente”, disse Petrucci. “Pol Espargaró travou à minha frente e a minha roda dianteira tocou-lhe na roda traseira. Então o Johann travou também e caiu. Lamento a queda, posso ter contribuído para isso, mas não vejo como possa ser culpado. Quase caí a tentar não travar.”

Johann Zarco, por sua vez, declarou: “Foi um dia muito triste, até estava a ter um fim-de-semana decente até ali, mas fazer cair um colega da Ducati, que ainda por cima luta pelo Mundial, foi terrível… Mas com o movimento do Petrucci, não sei, por reflexo devo ter travado e caí… Embora ache que, se não tivesse travado, tinha colidido com a roda traseira dele e o resultado tinha sido o mesmo!”

Andrea Dovizioso, uma vez acalmado, foi o mais filosófico, dizeno que não ia “culpar um colega” e descrevendo a coisa toda como “um incidente de corrida que não é culpa de ninguém”

0 0 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Autosport
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x