Miguel Oliveira: “Não sinto pressão e tenho muito a ganhar, pelo que vou dar tudo…”

Por a 7 Novembro 2015 16:49

Depois do que se passou hoje na qualificação do Moto3, ficou a perceber-se que Danny Kent está a acusar alguma pressão nesta fase final de luta pelo título. Depois de ter tido quatro oportunidades para assegurar antecipadamente o triunfo na competição o piloto da Leopard Racing cometeu uma série de erros que mantiveram as aspirações dos seus adversários.

A juntar a isso, Miguel Oliveira foi aproveitando bem e com prestações de luxo foi vencendo corridas, aproximando-se no Mundial, o que lhe permite ter chegado a esta corrida com hipóteses matemáticas se se sagrar Campeão. Mesmo partindo da 18ª posição, Danny Kent tem quase tudo do seu lado, mas não pode falhar. Se falhar, está nas mãos de Miguel Oliveira rubricar uma nova grande corrida, como todas as que tem feito ultimamente, e aproveitar:

“Hoje fizemos o que tínhamos de fazer, que era qualificar-nos numa das duas primeiras linhas da grelha. Gostava de ter terminado em primeiro, mas estou contente porque fizemos um bom trabalho com os pneus que vamos usar na corrida e estou confiante para amanhã. Haverá pilotos que vão dificultar as coisas porque também querem vencer, mas a minha estratégia é clara: dar o máximo, não complicar as coisas quando ultrapassar e defender a minha linha. Não sei se vou conseguir escapar, mas tentarei ser consistente; não sinto pressão e tenho muito a ganhar, pelo que creio que vou dar tudo.”

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto3
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png