Moto3, 2021, Mugello – Corrida: Vitória em casa para Foggia

Por a 30 Maio 2021 11:09

A vitória da Moto3 no GP da Itália em Mugello foi garantida pelo piloto da Leopard-Honda Dennis Foggia após uma batalha de 20 voltas. Jaume Masia e Gabriel Rodrigo completaram o pódio.

Com uma dia de sol na Toscânia e 34 graus de temperatura no asfalto do Autodroomo Internazionale de Mugello. Pedro Acosta foi o primeiro líder, mas de imediato uma queda colectiva envolveu Migno, Oncu, Tatay e Kofler. Alberto Surro e Augusto Fernandez também caiem.

Queda na primeira volta

Na volta 2 Acosta tinha sido substuido por Dennis Foggia como líder mas o rookie espanhol e lider do mundial rapidamente recupera a primeira posição Com 4 voltas cumpridas nova mudança de líder, porque é Romano Fenati com a Husqvarna Stilgrada que passa na frente mas Foggia prontamente recupera a primeira posição. Está tudo ao rubro na frente, Foggia primeiro, seguido por Fenati, Acosta e Gabriel Rodrigo. Quinze pilotos formam o primeiro grupo,

Foggia e a Honda Leopard parecem fortístimos, Rodrigo que foi o mais rápido no Warm up sobe a segundo com Acosta colado com a KTM à Honda Gresini. Definitivamente, este parece um circuito complicado para a equipa de Aki Ajo. Acosta tenta aproveitar as zonas de travagem para suceder a Foggia, mas sempre sem êxito. Tatsuki Suzuki está a aproveitar bem a pole e sobe a segundo, Acosta vem no quarto lugar atrás da moto vermelha de Rodrigo.

A 10 voltas do final Suzuki assume agora a posição de líder, algo que é sempre provisório na categoria de menor cilindrada. Darryn Binder é agora segundo seguido por Gabi Rodrigo, mas a verdade é que o lider japonês da Honda não descola dos demais.

Gabriel Rodrigo

A 7 voltas do final Acosta lidera o ataque ao primeiro lugar mas é Foggia que passa a líder, mas por pouco tempo. Um volta depois é a vez de reaparecer John McPhee, novo líder uma volta depois mas também por muito pouco tempo, porque a cinco voltas do final são Sazaki e Binder que disputam a liderança que então passa para o sul-africano Binder.

A 4 voltas de ser erguida a bandeira de xadrez, prever o vencedor desta corrida é mais difícil que apostar na lotaria. Dificilmente se previa a recuperação do jovem rookie de 17 anos Acosta depois de uns treinos e qualificação péssimas, mas a verdade é que ele estava agora em terceiro como candidato ao pódio, apesar da menor velocidade da sua moto.

Na entrada para a última volta é o experiente Fenati que vem na frente, Foggia, Masia, Rodrigo, Binder, Sasaki e Acosta vêm atrás. Foggia escapou, o piloto romano de 20 ano – que já venceu no CEV Repsol no Estoril – vai conseguir a vitória e o segundo pódio deste ano. Sobem também ao pódio Jaume Maisa e Gabriel Rodrigo.

Uma péssima notícia sobre o estado de Jason Dupasquier, que faleceu hoje depois das graves lesões de ontem. À sua família as condolências da Motosport

3 1 vote
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x