Moto2 2020: MV Agusta  brilha de novo?

Por a 23 Janeiro 2020 15:00

Em 2019, testemunhámos o retorno de uma das marcas mais históricas às corridas de Grand Prix. Giovanni Cuzari, proprietário da MV Agusta Temporary Forward, compartilhou seus pensamentos sobre o primeiro ano da MV Agusta e como eles se estão preparando para 2020.

Voltar à cena dos Grandes Prémios depois de 42 anos nunca seria uma tarefa fácil, especialmente quando se considera a natureza competitiva da Moto2. Para sua primeira temporada na categoria de motores Triumph, Stefano Manzi e Dominique Aegerter foram os pilotos convidados e o primeiro terminou a apenas um minuto de distância de um magnífico pódio na rodada final em Valencia.

Cuzari espera que Manzi e o seu colega italiano Simone Corsi possam retomar o ponto onde a MV Agusta Temporary Forward parou em 2019.

“Em termos de resultados desportivos, prefiro permanecer conservador. Há uma serenidade maior na empresa e isso também afeta a equipa, estamos muito mais envolvidos e apoiados pelos proprietários da MV, e isso é bom para nós ”, disse Cuzari, falando sobre as expectativas para 2020.

“Quanto ao aspecto técnico, no entanto, temos a nova moto, será o ponto de partida que segue a onda de bons resultados obtidos no final da temporada passada. Simone Corsi e Stefano Manzi já se mostraram competitivos, registando o terceiro e o quarto tempo mais rápidos durante os testes, que são resultados que nos confortam. Todos os nossos concorrentes são muito bons, muito profissionais e com muito mais experiência do que a nossa. Da nossa forma modesta, tentaremos corresponder às expectativas e faremos tudo para dar satisfação a esta marca. ”

Após um final fantástico da temporada, muita esperança é depositada em Manzi para 2020. O italiano e a MV Agusta chegaram a pouco mais de um décimo do pódio dos sonhos no Circuito Ricardo Tormo em Novembro de 2019, e Cuzari admite que a equipa esteve fortemente focada no piloto da VR46 Academy desde o início.

“Nós focamo-nos fortemente em Manzi desde o início. Ele também fez sacrifícios nas temporadas passadas. Explicámos imediatamente a Stefano qual era nosso objetivo e quais eram os nossos planos futuros. É por isso que conseguimos exercer todo o contrato. Acreditamos firmemente nas suas habilidades de piloto e acreditamos muito em Corsi, porque ele tem a experiência e a delicadeza para nos ajudar a desenvolver a moto. Estivemos no túnel de vento para testar a nova aerodinâmica e já fizemos as primeiras melhorias. Achamos que ele pode ser um piloto muito rápido, como já demonstrou nos testes. ”

As cores das máquinas MV Agusta Temporary Forward 2020 serão apresentadas em Milão no dia 12 de Fevereiro, antes da equipa seguir para Jerez para três dias de testes, de 19 a 21 de Fevereiro.

Deixe um comentário

Please Login to comment
últimas Moto2
últimas Motosport
AutoSport https://www.autosport.pt/wp-content/themes/maxmag/images/logo.png