Moto2, Países Baixos, Corrida: Triunfo tirado ‘a ferros’ por Augusto Fernandez

Por a 26 Junho 2022 12:26

O piloto da KTM Ajo conseguiu a sua terceira vitória em 2022, numa corrida com vários lideres e com vencedor incerto até aos derradeiros 10 minutos. Ai Ogura (que no próximo ano deve ascender ao MotoGP) foi segundo na frente do britânico Jake Dixon.

Jake Dixon fez o holeshot, logo seguido por Albert Arenas e, por breves instantes, as duas GasGas tomaram a dianteira, antes desse cenário idílico ser estragado por Alonso Lopez. Marcel Schrotter, Augusto Fernandez e Jorge Navarro fechavam os seis primeiros. Pela negativa, Sam Lowes alargava a trajetória na curva 1 baixando ao 26º lugar e Ai Ogura ia perdendo posições. Erguem-se então bandeiras amarela com a queda do britânico Lowes!

Com 20 voltas para percorrer, Alonso Lopez construiu meio segundo de vantagem sobre Schrotter e Dixon. O alemão descola então do britânico e parte sozinho na perseguição do líder com a moto da Speed Up.  Mais atrás vêm as duas GasGas de Arenas e Dixon. Fermin Aldeguer que estava a chegar aos dez primeiros recebe uma Long Lap mas na frente as coisas vão mudar. Lopez perde o primeiro lugar para o alemão Marcel Schrotter, mas a 15 voltas do final, muita tinta ainda está por escorrer. O líder do mundial, Celestino Vietti bem no nono lugar.

A 13 voltas do final, Marcel Schrotter que já soma mais de 160 GP’s na categoria de Moto2, cai na curva 5 e nem acredita na forma como deixa corrida e uma possível vitória. Alberto Arena herda assim a liderança, mas sabe que não pode dar descanso ao acelerador, com um determinadíssimo Alonso Lopez na sua sombra. Augusto Fernandez procura a terceira vitória este ano e vem em boa posição para o fazer, na terceira posição. Atrás de si veem Dixon e Bendsneyder, e mais atrás Vietti e Ogura batalham forte pelo oitavo lugar.

A 8 volta do final Augusto Fernandez impõe-se como o quarto líder da corrida de Moto2 na frente de Arenas e do americano Cameron Beaubier que chega a quarto; em oposição Alonso Lopez afundou-se na classificação para oitavo, num sentido descendente precisamente oposto ao de Ai Ogura que sobe depois de superar Beaubier ao quarto lugar. A 4 voltas da bandeira de xadrês, Augusto Fernandez lidera com quatro pilotos colados à sua moto. Vietti já subiu a quinto, duas posições atrás do terceiro lugar de Ai Ogura. O japonês não se contenta e sobe a segundo por troca com Dixon. Apercebendo-se de Ogura a aproximar-se, Augusto Fernandez distancia-se, mas agora com seis pilotos atrás numa dura luta pela segunda posição, antes da queda de Arenas. O espanhol da KTM Ajo vem solitário na entrada para a última volta, Ogura fecha bem Dixon na chicane para linha de meta, garantindo o segundo lugar de pódio. Augusto Fernandez celebra o triunfo, com o britânico da GasGas Dixon a ter de contentar-se com a terceira posição final.

No campeonato, Celestino Vietti está agora empatado com Augusto Fernandez, ambos com 146 pontos, com Ai Ogura a apenas 1 ponto. Tudo em aberto portanto para o recomeço do mundial depois das férias de verão, em Silverstone no dia 7 de agosto.  

0 0 votes
Article Rating
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
Ensaios
últimas Motosport
Motomais
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x